MagocomSábado, 22 de Julho de 2017 Assine o BNLCadastre-se
Blog do editor









Busca

Blog do editor < Voltar

Blog do editor

Magnho José

Reflexões sobre a arrecadação das Loterias Federais 09/01/2017 11:55:49

Além da queda de 13,8% do valor arrecadado em 2016 com as loterias da União, que ficou em R$ 12,8 bilhões (em 2015 foi R$ 14,9 bilhões), existem outros aspectos que devem ser avaliados:

 

Arrecadação

R$

CAIXA - Tarifa de Administração

1.280.000.000,00

Seguridade Social

2.100.000.000,00

Imposto de Renda

1.070.000.000,00

FIES – Crédito Educativo

1.200.000.000,00

Fundo Nacional da Cultura

359.000.000,00

Fundo Penitenciário Nacional

385.000.000,00

FDL - Fundo Desenv. das Loterias

128.000.000,00

APAE

8.900.000,00

Esportes – COB - CPB

950.000.000,00

Prêmio

4.100.000.000,00

Rede Lotérica

1.152.000.000,00

Loterias

12.800.000.000,00

 

- Praticamente, 50% do valor arrecadado com as loterias da União foram destinados para tributação direta do Estado.

 

- Do total arrecadado cerca de R$ 4.1 bilhões (32%) foram destinados à premiação.

 

- Foi a primeira vez, nos últimos 16 anos, que a Secretaria de Acompanhamento Econômico – Seae, do Ministério da Fazenda divulga o resultado das ‘Loterias Federais’. Nos anos anteriores a Caixa Econômica Federal era responsável pela divulgação das ‘Loterias Caixa’.

 

- Outro fato inédito foi a divulgação do resultado da arrecadação das Loterias Federais vinculado a arrecadação do Produto Interno Bruto – PIB. O texto divulgado pela Seae informa que as “loterias federais possuem grande potencial de expansão no País, uma vez que, em uma comparação ao que ocorre no mundo, poucas modalidades lotéricas são exploradas no Brasil, afetando substancialmente a arrecadação per capita”.

 

- Esta afirmação indica que a SEAE vai investir em novas modalidades lotéricas, ou até mesmo, em jogos com a legalização dos jogos pela Congresso Nacional.

 

- A arrecadação das Loterias Federais em 2016 representaram apenas 0,21% do Produto Interno Bruto – PIB.

 

- Sobre a relação MGA x PIB, estima-se que o potencial do mercado de jogo de um país equivale a 1% do Produto Interno Bruto – PIB, dependendo das características da população e a cultura das apostas.

01. EUA – US$ 142,6 bilhões (PIB – US$ 16,7 trilhões) (0,85%)

02. China – US$ 95,4 bilhões (PIB – US$ 9,24 trilhões) (1,03%)

03. Japão – US$ 29,8 bilhões (PIB – US$ 4,92 trilhões) (0,60 %)

04. Itália – US$ 23,9 bilhões (PIB – US$ 2,14 trilhões) (1.11%)

05. Reino Unido – US$ 23,6 bilhões (PIB – US$ 2,67 trilhões) (0,88%)

 

- O Brasil teve em 2015 um PIB de R$ 5,9 trilhões. Se considerarmos 1% o potencial mercado do jogo no Brasil é de R$ 59 bilhões anuais.

 

- Apostas per capta - o faturamento das Loterias Caixa indica que o brasileiro aposta cerca de R$ 63,87 ou US$ 19,96 anualmente (faturamento de R$ 12.8 bilhões /população de 200.4 milhões/dólar a US$ 3,20). Esse valor está muito abaixo da média mundial.

 

- A Rede Lotérica arrecadou em 2016 um total de R$ 1.152.000.000,00 com as apostas nas Loterias Federais. Este valor significa que cada unidade lotérica faturou em média R$ 85.300,00 ao ano ou R$ 7.108,00 ao mês.

 

- Com a atual legislação lotérica a Seguridade Social recebeu R$ 2,1 bilhões em 2016. Com a legalização do jogo a Seguridade Social poderia receber pelo menos mais de R$ 15 bilhões com a tributação correta deste setor.

 

- Como estratégia de comunicação, o release com a divulgação da queda da arrecadação das Loterias Federais foi divulgado na sexta-feira (6), às 16h24m, reduzindo o impacto da repercussão do fato.

Comentários (0)

Para comentar essa postagem você deve estar logado!

Clique aqui para se logar ou se ainda não for cadastrado cadastre-se aqui.