Home Opinião Atividade física não é a única atividade no auxílio para sobrevivência prolongada de idosos.
< Voltar

Atividade física não é a única atividade no auxílio para sobrevivência prolongada de idosos.

15/08/2002

Compartilhe

Atividades produtivas e sociais, tais como jogar cartas ou fazer compras, são tão efetivas quanto atividades físicas na diminuição do risco de todas as causas de mortalidade de idosos, conforme pesquisa publicada na terceira semana de agosto de 1999 no British Medical Journal.
Thomas Glass, da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, e seus colaboradores, descobriram que as atividades que exigiam menor manifestação física podiam complementar programas de exercícios ou podiam ser uma forma alternativa de atividade para idosos mais frágeis.
Cerca de 2800 pessoas com cerca de 65 anos foram estudadas por um período de 13 anos. Descobriu-se que todos os três tipos de atividade (social, física e produtiva) estão, independentemente, ligadas à sobrevivência.
Define-se como atividade social: ir à igreja, jogar cartas, bingo ou outro tipo de jogo, viagens de um dia e ir ao cinema. São consideradas atividades produtivas: jardinagem, cozinhar, fazer compras e trabalho comunitário.
Site de Medicina – Medix – Fonte: British Medical Journal