Home Destaque Atlético Mineiro anuncia Keno como reforço e Intralot como patrocinador
< Voltar

,

Atlético Mineiro anuncia Keno como reforço e Intralot como patrocinador

18/06/2020

Compartilhe

O Atlético anunciou de maneira peculiar a chegada de um novo reforço e de um novo patrocinador. Pelas redes sociais, o perfil oficial do clube revelou que a Intralot, líder mundial em jogos realtime, será a nova patrocinadora do clube, e um dos produtos se chama Keno.

Na sequência, o presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, disse que Minas Gerais teria dois ‘Kenos’ e logo citou o perfil do atacante, que teve passagens pelo Santa Cruz, Palmeiras, Atlas, do México.

No último sábado (13), o Super.FC já adiantava, com exclusividade, o acerto entre o Atlético e o atacante.

“Fechamos com a @intralot. Mais uma parceria que promete muito sucesso a partir de julho. Um dos principais produtos é o Keno!”.

Com faturamento global superior a 1 bilhão de euros anuais, a Intralot iniciou em 2010 a operação junto à Loteria Mineira com o lançamento de seu primeiro jogo, o Keno Minas.

Jogador chega no próximo dia 1º de julho

Keno, que está de férias no Brasil desde o começo desse mês, se transferiu ao Pyramids por US$ 10 milhões, valor que ultrapassa os R$ 50 milhões na cotação atual. Inicialmente, o clube egípcio queria recuperar o alto investimento feito. No entanto, diante da vontade do jogador de voltar ao Brasil e com a pandemia do novo coronavírus, o time aceitou recuperar “apenas” parte e fechou negócio com o Galo por 3 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões).

Na atual temporada, o atacante fez 21 jogos pelo Al Jazira e marcou três gols, além de quatro assistências. Keno é o terceiro reforço confirmado pelo Atlético na Era Sampaoli. Léo Sena e o atacante Marrony também já chegaram ao clube alvinegro.

O Galo já encaminhou acertos com alguns atletas: o zagueiro Bueno (empréstimo junto ao Kashima Antlers-JAP), os volantes Léo Sena (compra junto ao Goiás, por R$ 4,4 milhões) e Alan Franco (compra junto ao Independiente del Valle-EQU, por R$ 6 milhões) e o atacante Marrony (compra junto ao Vasco, por R$ 20 milhões). (SuperFC – O Tempo)