Home Blog Após atrito com Temer, ministro da Cultura nega que irá pedir demissão
< Voltar

Após atrito com Temer, ministro da Cultura nega que irá pedir demissão

13/06/2018

Compartilhe

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, negou que tenha a intenção de pedir demissão do seu cargo.

Na tarde desta terça (12), a Agência Brasil, portal de notícias vinculado ao governo federal, divulgou a informação de que o titular da pasta havia cancelado compromissos no Rio de Janeiro e colocado seu cargo à disposição.

A Folha entrou em contato com Sá Leitão, que disse que a informação “não procede”. “Não vou pedir demissão e não cancelei agenda no Rio.”

Poucas horas antes, Sá Leitão havia manifestado uma discordância com Michel Temer devido à publicação da medida provisória 841, que cria o Fundo Nacional de Segurança Pública. (Folha de São Paulo)

Governo reduz participação da Cultura em receita de lotéricas

O governo reduziu a participação do Fundo Nacional de Cultura na receita das loterias federais.

A mudança está na MP que cria o Fundo Nacional de Segurança Pública, publicada no Diário Oficial nesta terça-feira.

O percentual, que era de 3%, poderá cair a partir de 2019 para 1% e 0,5%, dependendo do caso. O Ministério da Cultura se opõe à mudança e defende que o investimento em segurança não deve se dar em detrimento da cultura e do esporte.

De acordo com a pasta, atividades culturais representam 2,64% do PIB, geram um milhão de empregos formais, reúnem 200 mil empresas e instituições e cresceram entre 2012 e 2016 a uma taxa média anual de 9,1%, apesar da recessão. (Coluna Sonia Racy – O Estado de São Paulo)