Home Blog Evangélicos silenciam sobre a volta dos jogos de azar na TV
< Voltar

Evangélicos silenciam sobre a volta dos jogos de azar na TV

18/02/2020

Compartilhe

Enquanto os religiosos dizem que ‘o fim está próximo devido ao jogo’ os pastores dão boas-vindas a volta dos sorteios na TV

Os representantes da bancada evangélica e católica, que sempre ‘demonizam’ a legalização dos jogos no Congresso Nacional adotaram um silêncio ensurdecedor com a possibilidade da volta dos sorteios de prêmios pela televisão, que são considerados jogos de azar.

A omissão deve-se ao fato de várias emissoras de TV que pleiteiam o serviço serem de evangélicos ou ser dirigidas por pastores evangélicos.

Para refrescar a memória desta turma fomos buscar a definição sobre a expressão:

Jogo de Azar

A expressão, para os efeitos penais, é definida como sendo o jogo em que o ganho e a perda dependem exclusivamente ou principalmente da sorte. A sorte de ganhar ou perder não depende da habilidade do jogador, mas exclusivamente de uma contingência natural baseada numa realidade produzida chamada de probabilidades matemáticas.

Sorteio

Ato de sortear, de eleger por sorte. Oferecimento de prêmios às pessoas que possuam um número (bilhete, cupom ou qualquer comprovante), sendo aquele que teve seu número selecionado o novo proprietário do bem oferecido.

Pau que dá…

Como diz aquele velho ditado: “pau que dá em Chico, dá em Francisco…”, mas talvez seja melhor usar outro dito popular: “farinha pouca, meu pirão primeiro”…