Home Blog Legitimidade social do Jogo do Bicho é incontestável
< Voltar

Legitimidade social do Jogo do Bicho é incontestável

10/07/2018

Compartilhe

A reportagem ‘É possível se ganhar no jogo do bicho?’ veiculada pelo site ‘Agora Na Mídia’ comprova a inconteste legitimidade social do jogo do bicho. No próximo dia 3 de outubro, o Decreto-Lei nº 3.688, que tornou o jogo ‘contravenção penal’ completará 77 anos. Apesar da contravenção, o jogo do bicho continua vivo como uma das mais populares e onipresentes tradições culturais brasileiras.

Estima-se que diariamente 20 milhões de brasileiros fazem uma ‘fezinha’ nesta modalidade e, a sua legalização, seria lucrativa para o Estado e sociedade, já que livraria milhões de brasileiros do constrangimento de serem considerados contraventores, e que passariam a exercer atividade licita e socialmente produtiva.

Seguindo a tendência de outros países, a legalização desta modalidade deveria garantir a manutenção desta modalidade com os atuais operadores. O Jogo do Bicho tem peculiaridades próprias que devem ser levadas em conta na sua legalização: jogo bancado com riscos e com muita capilaridade. Além disso, o Estado teria profundas dificuldades em fazer concorrência com uma modalidade que está em operação há sete décadas no Brasil.