Home Destaque Brasileiro poderia ganhar até R$ 1 bilhão por ano com dinheiro da “fezinha” na loteria
< Voltar

,

Brasileiro poderia ganhar até R$ 1 bilhão por ano com dinheiro da “fezinha” na loteria

17/01/2019

Compartilhe

Se tudo que o brasileiro gasta em loterias fosse investido, o rendimento somado poderia ultrapassar a casa de R$ 1 bilhão por ano

Sabe aquele dinheiro da famosa fezinha na loteria? Para algumas pessoas pode até parecer pouco, mas se tudo que o brasileiro gasta em jogos deste tipo fosse investido, o rendimento somado poderia ultrapassar a casa de R$ 1 bilhão por ano.

De acordo com a Caixa, em 2017 a arrecadação com loterias no Brasil foi de R$ 13,88 bilhões. Se essa montanha de dinheiro fosse aplicada em algum investimento que rendesse 100% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), o retorno anual seria de pelo menos R$ 721 milhões – considerando a Selic em 6,5% ao ano e já descontando o Imposto de Renda.

Lembrando que esta é a opção mais conservadora de todas, como CDB (Certificado de Depósito Bancário) com liquidez diária ou o Tesouro Selic – ambos permitem resgate a qualquer momento sem riscos de perda de capital.

Se o dinheiro estivesse em aplicações menos conservadoras, ele poderia render ainda mais. Por exemplo: o Tesouro IPCA+ com vencimento em 2024 pagava no dia 7 de janeiro 4,78% ao ano mais a inflação do período.

Considerando uma inflação de 4,5% ao ano (meta do governo), a soma total de rendimentos chegaria em R$ 1,02 bilhão em um ano, também com desconto do IR.

Chances mínimas

As chances de você ganhar na loteria são muito pequenas. Na Mega-Sena, a probabilidade é de apenas uma em 50 milhões para uma aposta simples de 6 números. Na Lotomania, o apostador tem uma chance em 3,2 milhões de ser contemplado com a aposta máxima.

Isso quer dizer que se você quer ficar rico – ou pelo menos ter uma condição melhor no futuro – a melhor coisa a fazer é ajeitar suas finanças e investir da maneira correta.

Para isso, você precisa de duas coisas fundamentais: gastar menos do que ganha e investir tudo aquilo que sobra em aplicações que permitam que seu dinheiro se multiplique ao longo dos anos.

“O brasileiro aposta na loteria porque quer melhorar o seu padrão de vida. E é aí que entram os investimentos e a educação financeira”, afirma Fernando Gaertner, sócio da G2 Investimentos.

Repasse do dinheiro

De acordo com a Caixa, quase metade do total arrecadado com os jogos, incluindo o percentual destinado a título de Imposto de Renda, é repassado para investimento em áreas prioritárias para o desenvolvimento do País.

“Até julho de 2018 mais de R$ 3,6 bilhões tiveram essa destinação” diz o site da Caixa. (Especiais InfoMoney).