Caixa prepara o lançamento de novos jogos lotéricos

Compartilhar

A Caixa Econômica Federal apresentou algumas mudanças nas loterias que poderão ser implantadas ainda este ano na Rede Lotérica. As alterações envolvem a criação de novos jogos, a remodelação de alguns que já existem e, também algumas definições sobre apostas coletivas, os Bolões.

As novidades foram divulgadas durante a reunião realizada na última terça-feira(22), em Brasília, entre a Caixa Econômica Federal, a Federação Brasileira das Empresas Lotéricas – Febralot e os sindicatos estaduais que compõem a Federação.

Novos jogos para 2011

Entre os novos jogos, com previsão de início de vendas ainda este ano, foi apresentada uma “Raspadinha de Bens” que terá como prêmio principal a entrega de casas, carros, motos, além da premiação em dinheiro.

Foi confirmado para junho deste ano, o primeiro sorteio da “Quina de São João”. A arrecadação do prêmio já está em R$ 35 milhões, e existe uma previsão de que o prêmio do primeiro concurso especial comece as vendas já com R$ 70 milhões acumulados.

A Rede Lotérica terá em breve, novos jogos lotéricos e revitalização de outros já existentes. A idéia é deixar os jogos mais atrativos e também compartilhar novos jogos com os existentes, com sorteios em horários diferenciados dos atuais.

Planos para 2012

De acordo com a apresentação da Caixa, em 2012 também serão lançadas novas Loterias. Existe a previsão do lançamento de um jogo de prognóstico, em que o apostador escolherá de 0 a 09 números, entre 7 colunas, pagando a partir do acerto de 3 colunas em qualquer ordem. Um jogo diário, com sorteio em horário diferenciado, às 15h.

Outra mudança será a repaginação da Timemania. No novo jogo, os números serão substituídos pelos escudos dos Times de Futebol, e apostados em grupos de clubes.

Como ficam os bolões?

O processo para permitir a implantação do serviço de ‘Bolões’, nos terminais das lotéricas, continua em avaliação pela Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda – SEAE. Esta é inclusive, a maior prioridade do Sincoesp. Desde o ano passado, junto com a Febralot, apresentou à Caixa as reivindicações sobre comissões e a operacionalização dos jogos.

“Apenas depois de uma manifestação do Ministério da Fazenda, sobre os ‘Bolões’, é que teremos uma posição concreta sobre a realização ou não, através dos terminais”, observa José Carlos P. de Paiva, vice-presidente do Sincoesp.

“O SEAE informou que levaria cerca de quatro meses para concluir a avaliação do processo, que seria neste mês de fevereiro. Quando concluir o mês, se não tivermos um retorno, marcaremos uma nova reunião no Ministério da Fazenda, se for necessário”, explica Jodismar Amaro, presidente do Sincoesp.

Enquanto não ocorrer uma manifestação do Ministério da Fazenda, os lotéricos precisam se basear nas determinações contidas na Circula da Caixa nº 539.

E o preço das apostas?

Para a obtenção do reajuste anual das apostas, dos serviços prestados pela Rede Lotérica, a Caixa Econômica Federal precisa concluir o processo de Certificação das Loterias, emitida por instituições internacionais. Este processo iniciou no ano passado e, poderá ser concluído em 2012.

Pedido de reajuste das Tarifas

A Febralot propôs que sejam reajustadas as tarifas dos serviços prestados pela Rede Lotérica. Na reunião foram abordadas as tarifas dos “boletos de outros bancos” e “contas de consumo”, como água, luz, telefone. A proposta apresentada pela Caixa é de 17% nas tarifas destes dois serviços.

Assim sendo, as tarifas aplicadas seria de:

– R$ 0,30 para R$ 0,35 – nos boletos de outros bancos.

– R$ 0,42 para R$ 0,50 – nas contas de consumo (água, luz, telefone).

No entanto, o aumento nas tarifas está condicionado à redução do valor do limite dos boletos de outros bancos que, passariam para R$ 700. (atualmente o limite é R$ 1.000).

Para o Sincoesp, não haveria problemas em reduzir o limite do boleto (de outros bancos), tendo em vista que geram um alto custo e, tem pouca participação na receita da Loja.

“Apenas 8% dos boletos recebidos nas lotéricas estão com valores acima R$ 700, então, não haveria perdas, pois estaríamos sendo melhores remunerados em dois serviços com grande volume de autenticações na lotérica”, explica Jodismar Amaro. As outras tarifas seriam aumentadas pelo IGPM do período, ou seja, cerca de 10%. (Com Informes Sincoesp)

Comentar com o Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
9 + 7 =