Home Destaque Caixa se reúne com FEBRALOT e detalha andamento das demandas da rede lotérica
< Voltar

,

Caixa se reúne com FEBRALOT e detalha andamento das demandas da rede lotérica

13/12/2019

Compartilhe

Na mesma reunião com a Febralot e representantes dos sindicatos estaduais em que foi apresentado o novo superintendente Nacional de Loterias da Caixa, o assessor da presidência, Celso Leonardo, informou sobre as reuniões realizadas com os representantes da Caixa dos estados do Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Rio de Janeiro sobre a recomposição da rede. Os presidentes dos sindicatos destes estados informaram que os encontros foram positivos e que estão respeitando a opinião dos lotéricos com relação ao programa de Reposicionamento da Rede Lotérica. Há um planejamento onde os encontros entre lotéricos e executivos da Caixa serão realizados também nos demais estados.

Loterias da Caixa

As vendas de Loterias Caixa aumentaram no primeiro semestre de 2019, de R$ 6,40 bilhões em 2018 para R$ 8,05 bilhões, que significa um crescimento de 25,75%. No mesmo segmento, no segundo semestre deste ano, entre julho e novembro, houve aumento de R$ 5,52 bilhões em 2018 para R$ 6,50 bilhões (+ 17,6%).

No acumulado do ano até novembro, o aumento passou dos R$ 13,85 bilhões em 2018 para R$ 16,39 bilhões em 2019, que gerou um incremento nas vendas de loterias no acumulado deste ano de 18,3%.

O vice-presidente de Loterias, Paulo Ângelo, pediu que os presidentes dos sindicatos levassem aos Estados que as ULs, que não estão verificando o aumento na venda de jogos como no acumulado geral, verifiquem a gestão do segmento e que se necessário procurem os gerentes de Canais para auxiliá-los. Disse também que o negócio vai muito bem e avançando cada vez mais para que haja um processo de ganho para a Caixa e lotéricos através de um ambiente de energia positiva.

Sobre os pontos em tratamento nestas reuniões, foi constatado que não houve nenhum atraso, onde foram repassadas as atividades em andamento para garantir as seguintes datas finais:

– Super Sete – lançamento em janeiro/2020

– Novo Produto Milionário – Previsto lançamento em setembro/2020

– Loteria Federal no TFL – Previsto para dezembro/2020

– Nova Loteca – Previsto lançamento para junho/2020

– Nova Timemania – Sem data prevista para Lançamento.

Mega da Virada – situação vendas até 07.12.2019

Arrecadação de R$ 99,469 milhões ou 4,14% acima de 2018, ponto que merece atenção de todos, pois já está com aumento no valor e, portanto, a quantidade de apostas está menor.

Deveria ser de R$ 240 milhões (+16%)

Meta final: R$ 1,5 bilhão

Foi informado que para este ano, não será possível dar crédito para fazer os Bolões da Mega da Virada sem ser cobrado já no próximo concurso, disseram que vão construir junto às áreas fiscais da CAIXA para tentarem conseguir para o ano que vem.

Filme para aquecimento da Mega da Virada foi apresentado e já está nas mídias digitais. Filme exclusivo da Campanha nas TVs começa no dia 9 de dezembro.

Dia 21 de dezembro haverá uma análise da campanha publicitária para saber se o valor estimado do prêmio principal será revisto.

Os representantes dos lotéricos pediram para no ano que vem, anteciparem a campanha por conta de conseguir fabricar as camisetas. A Caixa se dispôs em antecipara para outubro.

Campanha de incentivo às vendas da Mega da Virada

Divulgado resultado primeira fase. Foi apresentado o filme da campanha da Loteria federal de Natal com o apresentador Rodrigo Faro.

Apresentado material para fortalecer as vendas da loteria Federal que será entregue pelas agências aos lotéricos até 13/12.

PL 2981/2019

Altera o Decreto-lei nº 6.259, de 10 de fevereiro de 1944, que dispõe sobre o serviço de loterias e dá outras providências, para estabelecer o teto de R$ 105 milhões para as premiações da Mega-Sena e a previsão de que, em caso de não haver vencedor no sorteio dos seis números, o valor do prêmio seja integralmente distribuído entre os que acertaram a quina.

A Caixa apresentou os argumentos de perda de arrecadação se o PL de limite de prêmio for aprovado, perda de R$ 864 milhões nos concursos de 2136 a 2150.

O diretor de Loterias, Edilson Vianna, reportou que presidente da Comissão entendeu a problemática da queda de arrecadação e também da falta de compensação para a perda de arrecadação. Mesmo assim a Caixa vai tentar tirar da pauta, cada Sindicato de Estado vai pedir para seus deputados, que estão na Comissão para postergar votação.

Reunião com a GERPA/Canais

Volume de transações cresceu de 4,66 em 2018 para 4,83 bilhões em 2019. (Jan/Nov) – 3,4% em quantidade e 20% em valor.

Adicional complementar

Permanece com a necessidade de comprovação de 3 meses sequenciais com a diferença regulamentar para ser pleiteado, ao ser concedido, pagam 2 meses retroativos no primeiro pagamento.

Piloto base tesouraria de remessa

Projeto no qual, em três fases, deixaremos de informar à Tesouraria da agência, o valor do envio no carro forte, bem como a quantidade de cada tipo de cédulas.

Na primeira fase, a atual, onde os tesoureiros deixam de autenticar a remessa de valores e o débito ou crédito das diferenças, que passou a ser efetuado automaticamente pelo sistema, finalizando os ajustes neste primeiro mês, vai para a segunda fase, mas nenhum lotérico vai ter prejuízo, as agências estão autorizadas a estornar os juros, tarifas e IOF que ocorram por conta da mudança.

Na segunda fase o lotérico não vai mais precisar informar a agência o valor transportado, não vai mais precisar preencher a RME e nem informar a quantidade de cédulas, este serviço será efetuado pela base de tesouraria.

Depois vem a terceira que é a interligação dos sistemas com as UL que possuírem cofre inteligente alugado. Onde todo o processo será online.

Cofre inteligente

A Caixa está fazendo estudos para incorporar o valor de aluguel do equipamento pelo Lotérico dentro do valor concedido pelo adicional complementar ao adicional de segurança. Como os valores dos aluguéis levantados pela CAIXA não cobrem o pacote de serviços (seguro, manutenção, atualização tecnológica) que deve vir junto com o produto, foi pedido para que ao longo do desenvolvimento dessa melhoria sejam estudados também a necessidade de reajustar valor, quantidade de coletas do adicional de segurança e valor teto do adicional complementar.

A FEBRALOT cobrou celeridade na aceitação de cartões de outros bancos para que a redução de numerário nas Lotéricas ajude a viabilizar a engenharia financeira para a concessão do cofre inteligente para as Lotéricas.

Linhas de crédito para a UL

Repactuação:

Para quem não repactuou ou o fez a mais de doze meses, a CAIXA libera a partir de 11/11/2019 esta linha de crédito com as seguintes características:

– Taxa de 1.19% a.m.

– Prazo de até 120 meses

– Prestação de contas passa a ter os saques creditados em d+1

– Não precisa parar a Lotérica para constatar a dívida na conta 043

– Engloba o saldo dos empréstimos contratados

– Não necessita de garantia

– Operação não tem seguro prestamista ou outro qualquer

– Tem TAC

– Capacidade de pagamento, a prestação tem que ser no máximo de 20% do valor do SITAE do Lotérico

– Altera a prestação de contas, onde os valores de saques efetuados, passam a ser creditados em d+1, fazendo com que a prestação de contas de créditos e débitos sejam em d+1, na prática a diferença entre os dois deve ser remetida no carro forte no dia seguinte.

– Solicitado à CAIXA estudar a reliberação do crédito dos 3 decênios da tarifação para os repactuados, a qual se comprometeu em dar resposta na próxima reunião.

Capital de Giro:

– Taxa de 1.19% a.m.

– Prazo de até 48 meses

– Não altera a prestação de contas

– Limite de 100 mil reais, de acordo com a capacidade de pagamento que é 20% do SITAE

– Não necessita de garantia.

– Operação não tem seguro prestamista ou outro qualquer

– Tem TAC

Casos especiais (Sinistros com comprovação)

– Taxa 0,99% a.m.

Padronização

Mobiliário com padrão de 2012 em diante montados nas Lotéricas atende a exigência da CAIXA.

Novas aquisições foram novamente liberadas e devem ser no padrão 2018, o qual em largura de 1,20 m. está homologado.

Para proporcionar melhoria no posicionamento da atendente em relação ao cliente e para proporcionar o trabalho alternado em pé ou sentado, está em desenvolvimento um padrão opcional, onde a altura da mesa do TFL será regulável.

Haverá um custo adicional estimado de 30%.

Em Janeiro/2020, a CAIXA vai divulgar novo cronograma para que todas as UL´s atendam esse padrão (com ou sem regulagem de altura).

Aposte aqui

Projeto em desenvolvimento pela CAIXA, onde o lotérico poderá deslocar um TFL da sua loja e coloca-lo num ponto comercial num raio de 1 km da sua lotérica.

Locais pilotos para avaliação estão sendo definidos, não é obrigatório participar desta experiência de teste de conceito.

Criado grupo com componentes da Caixa e dos Lotéricos através do Whats App para acompanhamento e resolução de dúvidas ou modificações para desenvolver o projeto.

Principais dúvidas conceituais serão passadas à Diretoria da Caixa, através da Federação.

Recomposição Rede Lotérica

– 500 lotéricas foram fechadas nos últimos anos e a CAIXA vai licitar novas para repô-las, mas não nos mesmos locais.

– 328 posições já foram ratificadas pelas SRs

– 83 municípios estão desassistidos

– 81 municípios não têm lotérica

Entre 9 a 18/12 SRs discutem com os sindicatos o plano para a região, se houver consenso, são aprovadas e submetidas a Gerpa para fazer o edital de Licitação

Se não houver consenso, devem ser sugeridos ou avaliados outros locais ou cidades alternativas dentro da SR ou na Região (SRs dentro de uma Superintendência nacional)

Cartão de Débito na UL

Cartão de débito, solução definida com implantação tecnológica demorada (muitos meses) sem custo para o Lotérico, estão discutindo se conseguem um alternativo temporário, porém com custo para o Lotérico. Mais informações detalhadas em Janeiro/2020.

Eliminação enter no PEC

Em desenvolvimento, principalmente Telefonia e Detrans, a alteração do Lay out da tela para diminuir em até sete toques estas operações, prazo 20/12/2019.

Estorno de boletos: Poderá ser feito até 20 horas do mesmo dia, sem a necessidade de ser a operação imediatamente posterior, será necessário pedir uma senha de estorno na CEAT (0800) semelhante ao estorno de apostas, também para 20/12/2019.

DARF nas Lotéricas: Serão aceitos à partir de Janeiro de 2020.

Pesquisa PEC: TI está desenvolvendo um menu para escolher o convênio na tela do TFL.

ATP

Acabou o contrato com a ATP e oficializaram que a empresa que atende as agências.

Solução definitiva com a aquisição dos novos terminais com garantia de atendimento da manutenção dos terminais, prazo será definido em janeiro.

Pin Pads começam a ser entregues a partir de 15 de dezembro deste ano.

Impressoras ainda sem solução, a empresa de manutenção atual deve recolher a impressora para conserto e devolução ao Lotérico, demandas devem ser levadas à GITEC local pelo Gerente de Canais do Lotérico.

Vão receber novos terminais, com duas impressoras para trocar as atuais.

Assessor da Presidência verifica uma solução definitiva mais rápida para as impressoras, já que as licitações têm demora de definição ou de entrega.

Limite para boletos

Solicitado à CAIXA estudar readequação do valor liberado para pagamento de boletos.

Caixa pediu para Febralot coordenar limite que seria bom para toda a REDE ou uma alternativa que todos aceitem.

Boletos Fraudados

A CAIXA está trabalhando junto à FEBRABAN para erradicar este problema junto às Lotéricas, por enquanto pede máxima atenção da atendente para conferência entre CNPJ do cedente do boleto no documento com a tela antes de autenticar.

A CAIXA estudará destacar na tela do TFL os campos do CNPJ para uma melhor conferência.

A GERPA fará Instrução às SRs de como proceder nos casos em que os clientes questionem o ressarcimento desta operação

Troca de titularidade da lotérica dentro da família isentar a tarifa de transferência.

A Caixa vai estudar o assunto e informará na próxima reunião

Relatórios impressos no TFL, disponibilizar no expresso parceiros

A Federação informa à CAIXA quais relatórios disponibilizar no Expresso Parceiros CAIXA.

Lotéricos devem se cadastrar no Expresso Parceiros para receber informações pelo aplicativo Whatsapp.

Prestação de contas pela diferença entre créditos e débitos em D+1.

A CAIXA informou que além daqueles Lotéricos que repactuam dívidas, alterações societárias maiores que 50% e novas ULs, também prestarão contas pela diferença entre créditos e débitos em D+1. (Com informações da FEBRALOT)