Jogos de azar e a Igreja

Considerando que templos religiosos não pagam impostos e não são sujeitos a nenhuma fiscalização sobre seus recursos pelo Ministério Público e tampouco se submetem à lei da transparência, talvez sejam as igrejas os maiores responsáveis pela não legalização dos jogos de azar no Brasil