Home Especial Cientista britânica diz que o jogo de bingo faz bem à mente
< Voltar

Cientista britânica diz que o jogo de bingo faz bem à mente

15/02/2002

Compartilhe

Uma pesquisadora da Universidade de Southampton, na Inglaterra, acredita que o bingo faz bem para a mente. O bingo exige que os jogadores sejam capazes de conferir com rapidez se possuem ou não o número sorteado. Além disso, para conseguir marcar o cartão, a pessoa precisa de uma coordenação rápida entre os olhos e as mãos. A pesquisadora Julie Winstone disse que esse tipo de reação é justamente o que se perde na medida em que a pessoa envelhece. Ela agora está realizando uma pesquisa para confirmar se os benefícios do bingo na manutenção da agilidade cerebral são duradouros. Terceira idade Como a maioria do público dos bingos na Europa é formada por pessoas da terceira idade, a pesquisadora quer conferir se o jogo realmente faz bem para os idosos. Ela suspeita que o bingo é melhor para o cérebro do que jogos como o xadrez. Cerca de três milhões de pessoas jogam bingo anualmente na Grã-Bretanha. Nove em cada dez jogadores têm mais de 70 anos e vários deles jogam duas ou mais cartelas de cada vez. A pesquisadora Julie Winstone acredita que poderá determinar quantos jogos de bingo são necessário para manter a mente de um jogador alerta. "O declínio da atividade mental com o avanço da idade se deve em parte à falta de uso", disse a pesquisadora. BBC – Londres