Home Destaque Conheça a história do morto que ganhou uma corrida de cavalos
< Voltar

,

Conheça a história do morto que ganhou uma corrida de cavalos

27/10/2018

Compartilhe

O turfe, esporte de corridas de cavalos, já proporcionou ao longo de sua existência uma infinidade de momentos marcantes. Um dos momentos mais memoráveis ganhou notoriedade devido às suas circunstâncias extremamente bizarras, já que o jóquei e treinador americano Frank Hayes entrou para a história como o único homem morto a vencer uma corrida de cavalos. Curiosamente, sua primeira (e obviamente única) vitória como jóquei aconteceu em uma corridas com obstáculos, que exigem grandes saltos dos cavalos sobre as barreiras espalhadas por todo o percurso. Então como que Frank Hayes, um homem morto, conseguiu ganhar uma corrida cheia de tanta adversidades?
A vitória incomum aconteceu em 4 de junho de 1923, no jóquei clube de Belmont Park, no estado americano de Nova York. Frank Hayes, de 35 anos, trabalhava como treinador de cavalos na maior parte do tempo, mas às vezes costumava disputar corridas como jóquei, apesar de não obter resultados expressivos nas provas. Por incrível que pareça, este é um recorde que ele tecnicamente manteve até o fim, já que ele não estava vivo quando finalmente conseguiu cruzar a linha de chegada em primeiro.
Buscando obter um grande resultado na corrida, Frank perdeu 12 quilos em um curto espaço de tempo, o que de certa forma pode ter contribuído para sua morte. As casas de apostas locais o consideravam um azarão, pagando cerca de 20 dólares para cada 1 dólar apostado em sua égua, a Sweet Kiss.
Em certo momento da corrida, Hayes e Sweet Kiss surpreendentemente assumiram a liderança, mas infelizmente o pobre jóquei veio a sofrer um ataque cardíaco logo em seguida. A emoção de estar na frente pela primeira vez em sua carreira, juntamente com a sua rápida perda de peso, podem ter supostamente causado a morte dele no meio da corrida. Seu corpo permaneceu preso na sela mesmo após o ataque cardíaco fatal e Sweet Kiss se encarregou de levar seu jóquei para a vitória, vencendo por uma cabeça de diferença para o segundo colocado.
Um detalhe interessante disso tudo é que a égua continuou a correr por mais de 100 metros, até o momento em que Frank tombou e caiu de cara no chão. O médico da pista, Dr. John AH Voorhees, correu para o local e consatou que o jóquei tinha falecido. Mas apesar do ocorrido, Frank Hayes foi confirmado como o grande vencedor.
Três dias depois, Frank foi enterrado com as mesmas vestes que usou em sua última corrida e até hoje ele continua sendo o único homem morto a vencer em um esporte desse tipo. Quanto à égua Sweet Kiss, ela acabou sendo aposentada e nunca mais voltou a disputar uma prova, mas mesmo assim chegou a ganhar um novo nome: Sweet Kiss of Death, que significa “Beijo Doce da Morte” em português. (TriCurioso – Rômulo Silva).