Home Destaque FEBRALOT se reúne com a Caixa e cobra solução para vários temas
< Voltar

,

FEBRALOT se reúne com a Caixa e cobra solução para vários temas

13/12/2018

Compartilhe

Entidade discutiu com a direção da Caixa problemas como o do sistema, segurança, carro-forte, seguro e loterias

Nesta terça-feira (11), dirigente da FEBRALOT, presidentes dos sindicatos regionais e a área de tecnologia (TI) da Caixa Econômica Federal, juntamente com a GERPA reuniram-se para esclarecimentos sobre os inúmeros problemas relacionados às transmissões, principalmente os ocorridos no início de dezembro. Também houve um debate sobre a demora na correção dos adicionais de segurança anteriormente previsto para julho, mas que ainda não ocorreram. Além disso, foram esclarecidos os novos procedimentos em relação às notas fiscais e o recolhimento dos impostos do SITAE.

Carro-forte

Com relação ao carro-forte, ficou acertada uma mudança no formato de pagamento do percentual de ad-valorem. Atualmente, devemos 0.28% sob as entradas de valores nas lojas e passaremos a receber um percentual ainda não divulgado, porém sobre as diferenças apuradas entre as entradas e saídas de valores em nossas lojas. Ainda em dezembro teremos o comunicado do percentual que será aplicado. Outra mudança refere-se ao valor fixo que hoje é pago de R$ 1.960,00. O valor a ser pago será por coletas realizadas no mês anterior. Em dezembro as lotéricas estão sendo avaliadas e o valor que será pago no fim de janeiro terá como base as coletas de dezembro e assim sucessivamente. Por exemplo: Lotéricas que hoje fazem 13 recolhimentos receberão pelos 13 e não mais na forma fixa.

O valor por coleta também será informado ainda em dezembro e terá como base a média dos valores de transporte de todo Brasil.

O limite de coletas pagas não será superior a 22. Casos comprovados de lotéricos recebendo valores muito inferiores ao valor pago as transportadoras serão analisados pontualmente e poderão receber as diferenças pagas desde que comprovadas através das notas fiscais da transportadora.

Problemas com o sistema

FEBRALOT, presidentes dos sindicatos regionais e a área de tecnologia (TI) da Caixa Econômica Federal, juntamente com a GERPA reuniram-se para esclarecimentos sobre os inúmeros problemas relacionados às transmissões

Na questão de inconstância no sistema, a área de TI apontou uma solução para o problema até então e se não surgirem novidades nas plataformas de cobrança os problemas dificilmente se repetirão. Também foi solicitado e acatado que durante o mês de dezembro não sejam feitas mais as atualizações, que estavam sendo realizadas nos equipamentos das lojas para evitar paralisações como as que vinham acontecendo.

Recolhimento de impostos

Com relação a nova sistemática de recolhimento de impostos, trata-se de uma exigência de órgãos fiscalizadores e a CEF, mesmo nos municípios onde não se apresenta como substituta tributária, precisa estar segura do recolhimento de impostos por parte da rede. Quanto aos percentuais ficou estabelecido 5% porque varia muito em cada município, mas valores recolhidos a maior serão devolvidos até o dia 5 de cada mês.

Sobre seguro

Com relação aos valores que a CEF está exigindo para seguro com base na movimentação financeira de cada empresário cabe alguns esclarecimentos:

A CEF apresenta a média de movimentação financeira da lotérica. Em cima deste valor são deduzidos percentuais de acordo com alguns fatores conforme descrito abaixo:

– Itens obrigatórios como câmeras cofre boca de lobo e alarme proporcionam uma redução de 5%.

– Lotéricas que não sofreram sinistro em 2018 proporcionam uma redução de 20%.

– Lotéricas com serviço de carro forte tem uma redução de 15%.

– As lotéricas localizadas em shoppings e supermercados tem uma redução de 15 %

– Lotéricas blindadas tem uma redução de 25%.

Estes itens referem-se a redução do valor exigido para seguro. Sobre o saldo restante no ano de 2019 aplicasse sobre o saldo final uma redução de 50%. Desta forma todos agora podem calcular o seu valor. Se o valor ficar abaixo do seguro em andamento então deverá permanecer o atual.

Também a partir deste ano as apólices deverão conter um valor para transporte em mãos que são os realizados pelo lotérico. Deverão ser de R$ 17.500,00 para serem transportadas por 2 pessoas credenciadas na lotérica.

Área de Loterias

Nesta quarta-feira (12), mais uma vez os presidentes de sindicatos estiveram na Caixa para reunião com a área de loterias.

Na pauta a deficiente campanha de marketing dos produtos lotéricos, a provável data de lançamento do SUPERSETE, o atraso nos bilhetes de janeiro, o atraso na entrega de bobinas, a necessidade de reajuste no preço das apostas congelados há mais de quatro anos e diversos assuntos.

A Caixa iniciou a reunião anunciando a contratação de uma consultoria de experiência internacional para exame do portfólio atual de produtos e a necessidade ou não da retirada de alguns. Os trabalhos desta empresa começam no início de 2019.

As campanhas de marketing estão embasadas por lei na utilização de parte do FDL que hoje é 1% de toda a arrecadação.

Este valor é muito pequeno para grandes campanhas e infelizmente para haver qualquer alteração necessitaria uma mudança em lei e isto poderia acarretar outras consequências.

O SUPERSETE continua com previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2019 numa data que não venha a prejudicar as loterias especiais de Páscoa e São João.

Tanto as bobinas e os bilhetes estão previstos para os próximos dias a normalização nas entregas. Nesta época do ano as demandas de transportes são maiores ocasionando atrasos nos processos.

Quanto ao reajuste das apostas. Os mesmos devem acontecer baseados nos valores praticados desde o último reajuste. Isto ocasionaria valores quebrados com centavos nos valores, mas foi consenso da maioria dos presentes que mesmo que venham a ter valores quebrados é melhor assim pois não seria possível futuramente recuperar algum valor a menor para facilidade nos trocos.

Nos assuntos gerais foram discutidos problemas regionais trazidos pelos presidentes dos sindicatos estaduais. (Notícias Febralot)