Home Loteria Gil apresenta Loteria Cultural a Palocci
< Voltar

Gil apresenta Loteria Cultural a Palocci

19/02/2003

Compartilhe

O Ministério da Cultura tentará fazer com que a CEF (Caixa Econômica Federal) compre a idéia da Loteria Cultural. O projeto foi apresentado ontem pelo ministro da Cultura, Gilberto Gil, ao ministro da Fazenda, Antonio Palocci Filho. A idéia é ter prêmios em dinheiro e na forma de CDs e livros.
A estimativa do projeto de loteria é arrecadar entre R$ 400 milhões e R$ 500 milhões em apostas. Desse volume, cerca de 40% (R$ 200 milhões, no cenário otimista) seriam usados para financiamento de projetos culturais.
A iniciativa de Gil em se reunir com o ministro da Fazenda serviu para levar a Palocci uma lista de dez medidas alternativas de conseguir recursos. Na semana passada, o Ministério da Cultura sofreu um corte de 51,1% em seu orçamento (de R$ 264,8 milhões para R$ 129,5 milhões) para 2003.
O projeto da loteria prevê a possibilidade de se fazer apostas pela internet com o uso de cartão de crédito.
O apostador poderá ainda escolher números ou responder a perguntas culturais.
O ministro Gil não conseguiu nada de concreto para seu projeto alternativo de obtenção de recursos para a cultura. Mas foi orientado por Palocci a procurar a CEF, que cuida das loterias, e o BB (Banco do Brasil).
Os dois bancos federais teriam recursos para investir no setor na forma de patrocínio, em especial no projeto de recuperação de Ouro Preto, patrimônio histórico da humanidade.
Folha de S.Paulo, da sucursal de Brasília