Home Jogo do Bicho Livre após 15 anos, Arcanjo cumprimenta familiares, conhece a neta em Cuiabá e evita imprensa
< Voltar

Livre após 15 anos, Arcanjo cumprimenta familiares, conhece a neta em Cuiabá e evita imprensa

27/02/2018

Compartilhe

Vestindo branco, Arcanjo recebe aplausos ao chegar em casa

O ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro deixou a prisão em regime fechado na tarde desta segunda-feira (26) após quase 15 anos detido e foi recebido com muita emoção e uma “salva” de palmas pela família, nesta tarde no bairro Boa Esperança, em Cuiabá. Um vídeo divulgado pelo site Gazeta Digital mostra o momento em que Arcanjo desce do carro já dentro da casa e acena para a imprensa.

Nas imagens, o ex-bicheiro abraça uma neta, que ainda nem o conhecia. Diversos familiares e amigos próximos recepcionaram o “ex-comendador” em sua residência.

Estas foram as primeiras imagens de Arcanjo no regime semiaberto, após mais de 14 anos no regime fechado. No fórum de Cuiabá, ele conseguiu despistar a imprensa saindo por um acesso restrito.

Arcanjo teve a concessão para o regime semiaberto aprovada no último dia 19, após decisão do magistrado Jorge Tadeu Rodrigues, da Vara de execuções Penais de Cuiabá. Na manhã desta segunda, o ex-bicheiro foi conduzido até o Fórum de Cuiabá, sob forte escolta, para uma audiência admonitória para receber as orientações das medidas cautelares.

Ficou determinado que o ex-bicheiro só poderá deixar sua casa dentro de sete dias para trabalhar ou procurar emprego. Além disso, deve manter atualizada suas atividades.

Arcanjo ainda terá que se recolher no período noturno, entre as 20h e as 6h da manhã. Nos finais de semana, o magistrado autorizou a frequentar sua fazenda. “Autorizo o penitente a permanecer de sexta-feira à domingo na Fazenda São João, BR 163, km 14 Cuiabá/Jangada, Município de Várzea Grande/MT”, diz a decisão.

O ex-bicheiro terá os passos monitorados por tornozeleira e, a cada mês, será enviado um relatório sobre os caminhos que ele percorreu. Além disso, ele está proibido de deixar o Brasil.

Advogado defende vida nova para Arcanjo

O advogado de João Arcanjo Ribeiro, Zaid Arbid, conversou com a imprensa no início desta tarde. Zaid comentou que “penso que daqui para frente, o sonho dele é todo de futuro. A página da vida dele vai ser escrita a partir de hoje. Ele quer paz, deitar e dormir”.

Questionado sobre qual seria o poderio do ex-bicheiro, ele comenta: “Qual o poderio de João Arcanjo? Ele fomentava o comércio, a indústria. Ele tinha o jogo do bicho? Sim, mas era uma prática consentida pela sociedade. Qualquer um de nós está sujeito a ser legítima e ilegitimamente acusado. Não vejo nenhuma prova contundente que informe ele como mandante de qualquer homicídio”.

Por fim, o advogado ainda diz que “João Arcanjo não tem o que temer. Se você sair e ouvir pela rua, com raras exceções, 90% da população quer ele na rua. Acho que soa como uma situação insólita essa questão dele tentar fugir. O Ministério Público tem hora que delira nas hipóteses. Acha que depois de 15 anos recluso, ele vai chutar a lata e perder o direito que ele conseguiu? Será um homem observado por todos”. (Folha Max – Leonardo Heitor e Ilídio Luciano – Foto: Chico Ferreira – A Gazeta – Cuiabá – MT)