Home Loteria Loterj lança prêmio para a cultura.
< Voltar

Loterj lança prêmio para a cultura.

02/10/2003

Compartilhe

A partir de quarta-feira, qualquer pessoa poderá colaborar para o desenvolvimento de projetos culturais no Rio. A idéia foi apresentada ontem na Biblioteca Pública do estado, no Centro, no lançamento do Liga Rio. O programa, operado pela Loterj, funcionará como uma loteria. As contribuições poderão ser feitas por telefone (09500-123-002) ou pela Internet (www.09500.tv), e os participantes concorrerão a prêmios de, no mínimo, R$ 100 mil. Dez por cento do arrecadado com ligações e acessos à Internet (custo de R$ 3, debitados na conta telefônica ou cartão de crédito, no caso do serviço on-line) financiará projetos da Secretaria Estadual de Cultura. A primeira rodada de contribuições vai até o dia 2 de novembro, data do primeiro sorteio, que será fiscalizado por auditores e poderá ser acompanhado, ao vivo, pela TV ou Internet. Vale ressaltar que quem concorre aos prêmios (41% do arrecadado) é sempre o proprietário da linha telefônica ou o titular do cartão de crédito. Quanto maior a participação, mais alto será o valor do prêmio.
“A loteria será fonte importante de financiamento à cultura. Dez por cento do arrecadado será depositado no Fundo Estadual de Cultura, criado especialmente para receber a contribuição”, afirmou a secretária de Cultura, Helena Severo, baseando-se nos modelos desenvolvidos na Europa. “Na Itália, recursos para revitalização e manutenção do patrimônio histórico artístico cultural vêm da loteria cultural”, acrescentou. Segundo a secretária, a expectativa dos organizadores é arrecadar R$ 40 milhões por ano com a loteria.
O primeiro projeto beneficiado com os recursos será o “Livro e Leitura”, que inclui recuperação de bibliotecas, como é o caso da Biblioteca Pública do Estado, e programas de incentivo à leitura. Teatros, cinemas e museus serão incluídos nas próximas etapas do Liga Rio. Artistas como Fernanda Montenegro e Renata Sorrah, o presidente da Academia Brasileira de Letras, Alberto da Costa e Silva, e a imortal Nélida Piñon prestigiaram o lançamento e aprovaram a idéia. “A leitura é peça essencial da formação do cidadão”, disse Alberto.

Nova loteria vai financiar cultura. Estimativa de R$ 3 milhões por sorteio.
As formas de financiamento da atividade cultural, tema recorrente tanto na cena carioca quanto na nacional, ganharam ontem uma novidade: o Liga Rio, uma loteria que vai servir para gerar recursos para o Fundo Estadual de Cultura – iniciativa adotada com sucesso em países como Inglaterra e Itália. A parcela que caberá a fins culturais corresponde a 10% do total arrecadado com os acessos pela internet e ligações telefônicas feitas pelos concorrentes. A primeira fatia do bolo vai para a leitura.
A prioridade na fila dos recursos ficou com a recuperação de bibliotecas do Estado, que vão receber o que for arrecadado na primeira rodada da loteria, do próximo dia 8 a 2 de novembro. A expectativa da Secretaria Estadual de Cultura, que vai gerir o dinheiro, é otimista: R$ 40 milhões por ano, embora a própria secretária, Helena Severo, ensaie uma revisão nos números que pode baixar o valor para pouco mais da metade: R$ 24 milhões.
– São apenas projeções, mas estima-se uma arrecadação de R$ 3 milhões a cada rodada, e no mínimo oito rodadas por ano. Os recursos vão ser aplicados para incrementar a política cultural do Estado. O consultor de patrocínio empresarial Yacoff Sarkovas recebe como boa notícia a criação da loteria, mas sublinha que a geração de recursos é só o primeiro passo. – A idéia de gerar fontes contínuas para a cultura é positiva, mas, se não vier acompanhada de uma política pública para a aplicação do dinheiro e de critérios transparentes de acesso aos fundos, é apenas uma meia-boa notícia – avalia Yacoff, que considera indispensável que o fundo financie não só projetos criados e geridos pelo Estado, mas também ações independentes, selecionadas por meio de concursos públicos.
O público pode participar, ao custo de R$ 3, pelo telefone 09-500-123002 ou pelo site www.09500.tv. O valor mínimo garantido para o prêmio é de R$ 100 mil.  Jornal do Brasil