MagocomSegunda-Feira, 16 de Janeiro de 2017 Assine o BNLCadastre-se
Blog do editor









Busca

< Voltar

Videobingo e Caça-níquel

Konami sai da Bolsa de Nova York 07/05/2015

"Continuar na listagem da Bolsa de Valores de NY não é economicamente justificável"


O baixo volume de ações da Konami é o motivo pelo qual a empresa acredita "que continuar na listagem da Bolsa de Valores de NY não é economicamente justificável"

Ações da Konami não circularão mais pela Bolsa de Valores de Nova York. A companhia se mantém na Bolsa de Londres e Tóquio, mas desde a sexta-feira passada (24), ela se retirou voluntariamente da Bolsa de NY.

O baixo volume de ações da Konami é o motivo pelo qual a empresa acredita "que continuar na listagem da Bolsa de Valores de NY não é economicamente justificável".

Se retirar voluntariamente pode ser parte de uma reestruturação, mas qualquer um que está acompanhando as notícias da Konami sabe que a empresa está passando por momentos difíceis e conturbados. Em março, uma série de especulações começaram a surgir quando o nome de Kojima foi retirado de site da empresa e apareceu também o rumor de que ele deixaria a empresa após o lançamento de Metal Gear Solid V.

Além disso, rumores começaram a surgir acerca do cancelamento de Silent Hills neste domingo (26.04), que seria produzido por Kojima e Guillermo del Toro. Tudo começou quando a Konami retirou P.T., o teaser de Silent Hills, da PlayStation Store. Então, um comentário de del Toro durante um festival de cinema em São Francisco confirmou que o diretor não estaria mais trabalhando com Kojima em Silent Hills. Por fim, a Konami confirmou na manhã desta segunda-feira (27) que Silent Hills foi, de fato, cancelado. RIP.

Mas o que esse lance da Konami pode realmente significar? Alguns requerimentos financeiros devem ser atendidos para que uma empresa seja listada na Bolsa de Valores de NY. Não cumprir essas demandas resulta em retiradas involuntárias do mercado de ações.

A informação da saída voluntária da Konami da Bolsa de NY pode sugerir, então, que a empresa estaria deixando de focar em desenvolvimento de games. Em seu relatório financeiro para o terceiro quadrimestre do ano fiscal de 2015, entretenimento digital registrou uma contração de 5%, enquanto a divisão games aumentou moderados 4,2%. A melhor área de crescimento da empresa foi na divisão de pachinko, uma espécie de máquina caça-níquel japonesa -- foi quase 100% de crescimento em relação ao mesmo período do ano passado.

A notícia então mostra a dificuldade da empresa em justificar sua permanência na Bolsa de NY, uma vez que não faz mais sentido financeiro, como a companhia declarou em seu comunicado. Com o aumento do seu setor de caça-níqueis em relação à divisão de jogos, só o tempo será capaz de nos mostrar o que isso significará para os games da Konami. (IGN Brasil - Por Seth G. Macy)


Comentários (0)

Para comentar essa postagem você deve estar logado!

Clique aqui para se logar ou se ainda não for cadastrado cadastre-se aqui.