MagocomSábado, 27 de Maio de 2017 Assine o BNLCadastre-se
Blog do editor









Busca

< Voltar

Videobingo e Caça-níquel

FBM lança máquina ‘Phantom Xtreme’ na G2E de Las Vegas 25/09/2016

Segundo dirigente da empresa, o Brasil é um ótimo mercado e de muito potencial


Segundo o vice-presidente da FBM Gaming, Renato Almeida a empresa teve um ótimo crescimento de 35% a nível global neste último ano (Foto: Yogonet.com)

Em entrevista exclusiva ao BNL, o vice-presidente da FBM Gaming, Renato Almeida, falou sobre a participação da empresa na G2E de Las Vegas e da apresentação oficial da nova máquina ‘Phantom Xtreme’ para o mercado latino-americano. O executivo também comemora o ótimo crescimento de 35% a nível global neste último ano e comenta sobre a legalização do jogo no Brasil. Confira:

Com que expectativa a FBM chega para participar da G2E Las Vegas deste ano?

Com as melhores. A G2E Las Vegas é uma referência para empresas de jogos e atrai público de diferentes partes do mundo. É um evento importante para encontramos nossos clientes e apresentar-lhes os novos produtos e novidades da empresa, bem como aproveitar a oportunidade e continuar a nossa expansão a nível mundial.

Quais as novidades que serão exibidas durante a feira?

Nesta edição viemos com muitas novidades em nossos produtos. É a apresentação oficial da nossa nova máquina Phantom Xtreme ao mercado latinoamericano. A máquina apresenta um design arrojado, roundtop curvo, leitor de RFID, porta USB, duplo botão play dentre outras tecnologias. Além da nova máquina, apresentaremos nosso novo bônus coletivo, o Pig Boom, um simpático porquinho explosivo recheado de prêmios e três novos títulos de jogos: Arctic Blast, Bingolicious e Cash o’clock.

Como o Senhor analisa o momento da indústria do jogo, principalmente com relação as slots-machines e vídeo-bingos?

O mercado, de um modo geral, está passando por mudanças. Houve uma migração de jogadores que antes só ficavam nas mesas de jogos para as máquinas e esse fenômeno vem crescendo a cada ano. Paralelo a essa mudança, temos também os jogos online, que estão ganhando cada vez mais espaço no mercado, por serem mais acessíveis e darem mais liberdade ao jogador.

No mercado de jogos comenta-se que as máquinas estão cada vez mais passando por processo de transformação, com a introdução de mais entretenimento e menos jogos e apostas. O Senhor acredita que este será um caminho sem volta? Como a FMB poderá encarar este novo conceito?

É sempre complicado afirmar se será ou não um caminho sem volta devido a grande quantidade de mercados existentes e diferentes tipos de jogadores, é sim uma tedência grande que estamos vivendo em todo o mundo, mas que não é novidade para a FBM. Entretenimento é um valor (é algo) que sempre esteve presente na missão e história da FBM.

Como está sendo este ano para a FBM?

Cheio de expectativas e boas notícias. Tivemos um ótimo crescimento de 35% a nível global neste último ano. Tivemos diversos lançamentos esse ano em nosso catálogo de jogos, implementação de novas features, um novo bônus coletivo que já está sendo implementado nos mercados e claro, uma nova máquina, a Phantom Xtreme.  Fizemos a apresentação da máquina na G2E da Asia em maio deste ano e tivemos uma resposta magnifica de nossos clientes. A G2E Las Vegas também terá o prazer de receber a nova máquina e estamos ansiosos pela resposta dos públicos norte e sul-americanos.

Existe grande expectativa para abertura do mercado brasileiro. Quando os jogos estavam liberados no Brasil a FBM tinha uma forte presença. Como o Senhor analisa o processo de legalização dos jogos no Brasil?

Ainda existe um longo caminho até que a legalização dos jogos no Brasil realmente aconteça, mas uma vez legalizado, será muito bom para o país e para o mercado mundial do jogo. O Brasil está vivendo um importante momento político e econômico, o que acabou por fim, atrasando os debates sobre o tema da legalização. Haverá uma nova votação nos próximos meses e nós, assim como as outras grandes empresas do setor, estaremos acompanhando o processo.

Sabemos que o brasileiro é apaixonado pelas máquinas de vídeo-bingos, a FBM terá um plano especial para o Brasil?

O Brasil com certeza é um ótimo mercado e de muito potencial, como mencionado acima, ainda existe um longo caminho a percorrer até a legalização e caso ocorra, pretendemos sim agir com toda atenção e cuidado que o mercado brasileiro merece. Nossa experiência nos ajudará nesse processo e a paixão dos brasileiros pelo jogo com certeza nos motivará. 

A FBM pretende instalar uma fábrica no Brasil?

Precisamos primeiro conhecer como será a lei e seus termos para decicdir sobre a implantação de uma fábrica no Brasil, uma vez que a nossa fábrica na Ásia atende bem todos os nossos mercados ao redor do mundo e poderia com certeza atender também o mercado brasileiro.

Quais são os planos da FBM para os próximos meses?

Nossos planos para os próximos meses seriam sem dúvida, fechar o ano entregando todas as metas estabelecidas para 2016 em relação ao crescimento global, novos produtos e novos mercados em que a FBM almeja explorar.


Comentários (3)
sidneia
27/09/2016 às 13:48h

É se realmente acontecer da forma em que está nessa entrevista legalização dos jogos no Brasil ainda levará anos !!!!! Bem diferente do que alguns políticos e matérias falam que seria legalizado ainda esse ano para regulamentar ano que vem! Lamentável .

Leandro Narciso
27/09/2016 às 16:22h

Olá Sidineia !!! Pra esse ano nada mais acontece . Só para março de 2017 a votação , resumindo todo o blablabla fim de 2017 início de 2018 .

sidneia
27/09/2016 às 17:14h

Leandro Narciso boa tarde ! Alguns contatos de Brasília me dizem que será legalizado ainda esse ano o projeto do senado ! Ou seja cassinos ! Mas eu como vc tbm não acredito .. mad vamos ver se depois das eleições a coisa anda ....

Para comentar essa postagem você deve estar logado!

Clique aqui para se logar ou se ainda não for cadastrado cadastre-se aqui.