MagocomQuinta-Feira, 25 de Maio de 2017 Assine o BNLCadastre-se
Blog do editor









Busca

< Voltar

BNL

A legalização os jogos – agora vai! 19/10/2016

Artigo de Marcelo Gomes de Araújo*


Marcelo Gomes de Araújo*

Há mais de vinte e cinco anos se busca tirar da clandestinidade os jogos no Brasil. É um tema não só polêmico como vetusto. O Projeto de Lei Nº 442/091, que tramita na Câmara dos Deputados desde 1991, está para ser apreciado no plenário.

Paralelamente, no Senado está em andamento o Projeto de Lei do Senado – PLS Nº 186 de 2014, que também aborda a mesma questão.

Bingos, jogo de bicho, cassinos, aposta eletrônica, aposta esportiva, caça-níqueis. Como se vê, estamos tratando de algo extenso e muito contraditório.

Sempre vai haver grupos sociais que são contra e outros que são a favor, cada qual com seus argumentos. Jamais teremos um consenso, muito menos uma solução salomônica.

É preciso cautela. Conclusões precipitadas podem ser arriscadas. Nesse caso, nada parece óbvio.

Metaforicamente, podemos dizer que se a pombinha branca é o símbolo da paz, não significa que a pombinha negra simbolize o conflito.

No entanto, parece que agora essa questão vai ser resolvida. O desemprego e a crise econômica são ventos favoráveis. O próprio Presidente Temer já se manifestou de forma positiva, interessado no incremento das receitas do governo, via tributos.

Dentro deste contexto, existe um fator inquestionável. Com a aprovação dos jogos, a Caixa Econômica Federal será um ator predominante dentro da nova realidade que se abrirá.

Consequentemente, a rede lotérica com toda certeza vai a reboque dessa nova perspectiva.

A casas lotéricas hoje constituem a mais extensa e confiável malha de correspondentes financeiros do Brasil. Sem dúvida alguma, elas só tendem a se valorizar, pois mais produtos estarão disponíveis para venda, melhorando a receita sem criar qualquer despesa.

O segmento deve atrair nos próximos meses os investidores e empreendedores atentos a boas oportunidades.

Afinal de contas, em tempos de vacas magras não é toda hora que passa um cavalo arriado!

(*) Marcelo Gomes de Araújo é sócio da Sistema de Distribuição de Loterias – SDL, empresário lotérico e ex-presidente do SIMCOEMG.


Comentários (1)
luiz sergio
24/10/2016 às 11:37h

- Apostar na Loteria Federal, na Mega Sena, Dupla Sena, Quina e mais uma coletânea de jogos promovidos pela Caixa Federal, não são JOGOS DE AZAR, só queria saber que nome se dá a isso. Esse país é uma piada.

Para comentar essa postagem você deve estar logado!

Clique aqui para se logar ou se ainda não for cadastrado cadastre-se aqui.