Home BNL OMT: Conheça os países mais visitados do mundo em 2017
< Voltar

,

OMT: Conheça os países mais visitados do mundo em 2017

29/08/2018

Compartilhe

Das 1,3 bilhão de chegadas internacionais de turistas em 2017, 51% foram na Europa, 24% na Ásia, 16% nas Américas, 5% na África e 4% no Oriente Médio. Um aumento de 7% sobre 2016. Esses visitantes geraram US$ 1,3 trilhão em gastos nos destinos, com 39% ficando na Europa, 29% na Ásia, 24% nas Américas, 5% no Oriente Médio e 3% na África. Os dados são do relatório anual da Organização Mundial do Turismo (OMT – UNWTO na sigla em inglês).

 

Os países mais visitados por estrangeiros foram:

1 – França: 86,9 milhões

2 – Espanha: 81,8 milhões

3 – Estados Unidos: 75,9 milhões (dados de 2016)

4 – China: 60,7 milhões

5 – Itália: 58,3 milhões

6 – México: 39,3 milhões

7 – Reino Unido: 37,7 milhões

8 – Turquia: 37,6 milhões

9 – Alemanha: 37,5 milhões

10 – Tailândia: 35,4 milhões

 

Em receita gerada por visitantes, os campeões foram:

1 – Estados Unidos: US$ 210,7 bilhões

2 – Espanha: US$ 68 bilhões

3 – França: US$ 60,7 bilhões

4 – Tailândia: US$ 57,5 bilhões

5 – Reino Unido: US$ 51,2 bilhões

6 – Itália: US$ 44,2 bilhões

7 – Austrália: US$ 41,7 bilhões

8 – Alemanha: US$ 39,8 bilhões

9 – Macau: US$ 35,6 bilhões

10 – Japão: US$ 34,1 bilhões

 

Por região, veja alguns campeões de visitação por estrangeiros:

EUROPA

França: 86,9 milhões

Espanha: 81,7 milhões

Itália: 58,2 milhões

Reino Unido: 37,6 milhões

Turquia: 37,6 milhões

Alemanha: 37,4 milhões

Áustria: 29,4 milhões

Grécia: 27,1 milhões

Rússia: 24,3 milhões

Polônia: 18,4 milhões

Portugal: 18,2 milhões (2016)

Holanda: 17,9 milhões

Hungria: 15,7 milhões

Croácia: 15,6 milhões

Ucrânia: 14,2 milhões

República Tcheca: 12,8 milhões

Suíça: 11,1 milhões

Bulgária: 8,8 milhões

Bélgica: 8,3 milhões

Suécia: 6,8 milhões

Noruega: 6,2 milhões

Albânia: 4,6 milhões

 

AMÉRICA DO NORTE

Estados Unidos: 75,9 milhões (2016 – números em recontagem)

México: 39,3 milhões

Canadá: 20,8 milhões

 

CARIBE

República Domicana: 6,1 milhões

Cuba: 3,9 milhões (2016)

Porto Rico: 3,8 milhões

Jamaica: 2,3 milhões

Bahamas: 1,4 milhão (2016)

Aruba: 1 milhão

 

AMÉRICA CENTRAL

Costa Rica: 2,9 milhões

Nicarágua: 1,8 milhão

Panamá: 1,8 milhão

Guatemala: 1,6 milhão

El Salvador: 1,5 milhão

 

AMÉRICA DO SUL

Argentina: 6,7 milhões

Brasil: 6,5 milhões

Chile: 6,4 milhões

Colômbia: 4 milhões

Peru: 4 milhões

Uruguai: 3,7 milhões

 

ÁFRICA

Marrocos: 11,3 milhões

África do Sul: 10,2 milhões

Tunísia: 7 milhões

Zimbábue: 2,4 milhões

Costa do Marfim: 1,8 milhão

Maurício: 1,3 milhão

Quênia: 1,3 milhão

 

ORIENTE MÉDIO

Arábia Saudita: 16,1 milhões

Emirados Árabes Unidos: 15,8 milhões

Egito: 8,1 milhões

Bahrain: 4,3 milhões

Jordânia: 3,8 milhões

Israel: 3,6 milhões

Oman: 2,2 milhões (2016)

Catar: 2,2 milhões

 

OCEANIA

Austrália: 8,8 milhões

Nova Zelândia: 3,5 milhões

 

ÁSIA

China: 60,7 milhões

Tailândia: 35,3 milhões

Japão: 28,6 milhões

Hong Kong (China): 27,8 milhões

Malásia: 25,9 milhões

Macau (China): 17,2 milhões

Índia: 15,5 milhões

Cingapura: 13,9 milhões

Coreia do Sul: 13,3 milhões

Indonésia: 12,9 milhões

Taiwan (China): 10,7 milhões

Filipinas: 6,6 milhões

Camboja: 5,6 milhões

Irã: 4,8 milhões

Myanmar: 3,4 milhões

Laos: 3,2 milhões

Vietnã: 3 milhões

Acesse o relatório completo da OMT.

(Com Panrotas – Fonte: OMT)