Home Cassino Proibição de cassinos online será difícil
< Voltar

Proibição de cassinos online será difícil

03/07/2002

Compartilhe

WASHINGTON (Reuters) – Uma tentativa do Congresso dos Estados Unidos em proibir os cassinos da Internet vai enfrentar obstáculos para ser aprovada, de acordo com deputados e observadores.
Os cassinos online proliferaram nos últimos anos, arrecadando bilhões de dólares de usuários de Internet em todo o mundo e elevando os temores de que poderiam estimular a jogatina compulsiva e atrapalhar leis locais contra o jogo.
Apesar de tentativas que datam desde 1995, o Congresso nunca conseguiu aprovar uma lei que encerrasse as operações de cassinos com sede no exterior, que devem ganhar entre 4,2 bilhões e 6,4 bilhões no ano que vem, de acordo com estimativas do mercado.
Todas as propostas tiveram a forte oposição de grupos de jogos de azar legalizados, incluindo corridas de cavalos, cassinos convencionais e loterias estaduais, que temem que a proibição venha a afetar suas operações atuais e acabar com planos de criação de websites.
Na Câmara dos Deputados dos EUA, duas leis estão aguardando votação, mas observadores dizem que nenhuma será votada tão cedo.
Aparentemente, as normas não serão votadas antes do recesso de agosto, já que os parlamentares estão mais preocupados com outras agendas.
Um projeto prevê que companhias de cartão de crédito e outras financeiras não poderão transferir dinheiro para operações com jogos de azar online. Outro impede que apostadores ganhem dinheiro em outros Estados, o que na prática inviabilizaria os sites de apostas.
Os projetos foram negociados à exaustão e sofreram várias emendas, mas grupos de pressão dos dois lados –favoráveis e contrários ao jogo online– não estão satisfeitos, e o processo deve se arrastar por mais algum tempo.
Agência Reuters