Home Cassino Resorts integrados no Japão vão combinar cassinos com outras atrações turísticas
< Voltar

Resorts integrados no Japão vão combinar cassinos com outras atrações turísticas

24/04/2017

Compartilhe

Os previstos resorts cassinos serão necessários para abrigar espaços, como salões de conferência e exibição, sob uma proposta do governo, tornando-os nos chamados resorts integrados que servem como instalações turísticas integrais.

A assembleia do Japão abriu caminho para legislação sobre regulamentos de cassinos no final do ano passado. É provável que a nação defina dois ou três de tais resorts em ou após 2020, com esperanças de que eles se tornem o próximo grande condutor turístico após as Olimpíadas de Tóquio.
Os resorts integrados “vão beneficiar grandemente o turismo, a promoção regional e a criação de empregos enquanto torna o Japão um destino de viagem internacional”, disse o Secretário-Chefe do Gabinete Yoshihide Suga aos repórteres na quinta-feira.
Destinos de jogos como Las Vegas nos Estados Unidos regularizam cassinos, mas o Japão, aparentemente, seria o primeiro a exigir que espaços para jogos sejam parte de instalações turísticas abrangentes. A proposta também limita espaço para as seções de cassino e exige que os lucros sejam destinados a cobrir as taxas de gerenciamento para instalações conectadas.
Resorts integrados em Singapura atraem cerca de 65 milhões de visitantes por ano e produzem ao menos 20.000 empregos. O Japão visa fortalecer os resorts como motores de crescimento no caso da economia perder força após o planejado aumento do imposto sobre consumo em outubro de 2019 e as Olimpíadas.
O governo ainda enfrenta objeções na permissão de cassinos, incluindo preocupações em relação ao vício no jogo e outros efeitos prejudiciais. (Portal Mie – Fonte e imagem: Nikkei)