Home Bingo Sem novidades e sem provas.
< Voltar

Sem novidades e sem provas.

18/12/2003

Compartilhe

Um assinante do BNL, que teve acesso a cartilha intitulada De caso com a máfia, O que o Governo Federal  precisa saber sobre o jogo do bingosque o Governador Requião e o Secretário de Segurança do Paraná querem transformar na "ferramenta do terror" contra os bingos, informou na tarde de ontem, que a cartilha é uma edição de matérias de jornais e revistas antigas com suspeitas de ligação do bingo com a máfia italiana, lavagem de dinheiro, narcotráfico, entre outras. Mas nenhuma denúncia descrita na cartilha é comprovada. Seu conteúdo são apenas informações colhidas em matérias da grande imprensa. 
Para os assinantes entenderem o nível das denúncias da cartilha:
"A Mafia – O envolvimento do crime organizado com  a jogatina permitida veio a público no Brasil a partir da CPI do narcotráfico, na segunda metade dos anos 90. "Não há nenhuma dúvida da ligação dos bingos no Brasil com a máfia italiana, o narcotráfico e o jogo do bicho", disse, em 2000, o procurador da República, Luiz Francisco Fernandes de Souza."  
A cartilha também relaciona as ações judiciais movidas pelo Ministério Público Federal contra o jogo em todo o país. Em outra reportagem, um pai mostra como ele formou um grupo de auto ajuda para tratar a compulsividade do filho. A cartilha veicula também uma matéria política sob o título "Governo do Paraná contesta lei municipal em Curitiba". 
A distribuição da cartilha é gratuita e poderá ser solicitada pelo telefone 0800-643-7444, que será entregue pelos correios.