Home BNL Todas as empresas de jogo do Reino Unido necessitarão de licença
< Voltar

Todas as empresas de jogo do Reino Unido necessitarão de licença

24/05/2013

Compartilhe

As empresas de jogo online estarão obrigadas a ter uma licença no Reino Unido para anunciar e vender os seus jogos aos seus clientes britânicos sob as novas leis. O Projeto de Lei de Jogo (Licenças e Publicidade) têm como objetivo dar aos clientes uma maior proteção quando se utiliza o pôquer online e outros sites da web operados por empresas estrangeiras.

Os operadores de jogos de azar da Grã-Bretanha já estão obrigados a ter uma licença da Comissão de Jogo, mas as empresas estrangeiras estão atualmente reguladas na jurisdição em que têm sede. Segundo o projeto, que a rainha anunciou num discurso, todos os operadores que vendam ou façam publicidade no mercado britânico terão que ter uma licença.

Os ministros consideram que o projeto de lei aumentará a proteção dos consumidores do Reino Unido, já que todos os operadores de jogos de azar à distância serão objeto de uma regulação sólida e coerente, e deverão apoiar a luta contra as atividades ilegais e a corrupção no desporto.

Isto significará que, pela primeira vez, os operadores estrangeiros terão que informar a Comissão de Jogos (Gambling Commission) sobre as apostas suspeitas relacionadas com clientes britânicos.

Os operadores também terão que contribuir para a investigação, a educação, a educação e o tratamento em relação com o problema do jogo e cumprir com as condições da licença para proteger as crianças e adultos vulneráveis. O projeto de lei também “nivela a regulação” para todos os operadores, o que permite que se compita em igualdade de condições”. (Telegraph.co.uk)