Home BNL Veja como foi o primeiro dia do XIII Congresso CIBELAE
< Voltar

Veja como foi o primeiro dia do XIII Congresso CIBELAE

04/10/2011

Compartilhe

ABERTURA

9h40m – O vice-presidente de Loterias e Fundos da Caixa, Fabio Cleto abriu o Loterias de Estado: Construindo o Futuro com um balanço das Loterias Caixa.

 

9h50m – O secretário de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazenda, Antonio Henrique da Silveira, saudou os visitantes do Seminário e informou que o governo federal estuda a possibilidade de implantar a modalidade de apostas esportivas (BET).

 

10h – O presidente da Cibelae, Roberto Armando Lopez, também saudou os participantes do Seminário com um breve balanço das loterias mundiais e da Coorporação.

 

10h05m – A Plenária foi interrompida para a abertura da Feira de Expositores, no próprio hotel Windsor Atlântica, que funcionará durante o seminário, com livre acesso a todos os congressistas.  

 

10h30m – Várias operadoras internacionais estão presentes na Feira de Expositores, entre elas a Intralot, Codere, Gtech, Editec, Scientific Games,  e as brasileiras como a Valid, Caixa Econômica Federal, entre outras.

 

11h – A Plenária está sendo retomada com a palestra “Conhecendo as Loterias Ibero-Americanas’ do vice-presidente de Loterias e Fundos da Caixa, Fabio Cleto.


 

11h05m –  A CIBELAE é composta por 46 membros, incluindo Loterias Estatais e Empresas que exploram jogos. Também integram a CIBELAE países como Áustria, Canadá, Estados Unidos, França e Islândia.

 

11h10m – Fábio destacou o compromisso dos países membros da Cibelae em proteger a sociedade através de programas sociais. Disse também que a maioria dos 46 países privilegia a educação (22%) e saúde (39%).

11h15m – Ao falar de canais de vendas de produto lotéricos, Cleto destacou que até 2014 o mundo estará mais conectado a internet por smartfones do que por desktop. 

11h20m – Fábio concluiu sua apresentação com um importante balanço das loterias que formam a Cibelae. (depois produziremos reportagem sobre o tema)


11h22m – Começou a palestra de Roberto Quattrini, diretor de Mercados Emergentes da Lotomattica sobre Sports Betting (apostas esportivas).

11h25 – Está sendo exibida uma entrevista com Ludovico Calvi, CEO de Better da da Lotomattica sobre Sports Betting, direto da Itália.

11h30 – As apostas esportivas (BET) têm uma taxa de crescimento muito mais alta que outras modalidades lotéricas, já que o BET liga os jogadores diretamente com o mundo dos esportes.

11h35m – Quattrinni destacou que é muito importante o treinamento do ponto de venda. E que esta modalidade é impulsiva, por isto é necessário uma boa distribuição dos PDVs. 

11h36m – O Estado tem que entender que esta modalidade deve ter uma taxação mais harmônica, pois ela depende de payout alto.

12h40m – A Lottomáttica Itália tem 2.300 lojas especializadas de BET e 500 lojas para corridas de cavalos. Além disso, são 4.400 terminas espalhados em lojas e operação pela Internet.

11h45m – Dentro da política de jogo responsável, as apostas esportivas na Itália são limitadas em 2 mil euros por dia.

11h46m – As vendas de apostas na modalidade BET são distribuídas da seguinte forma: PDV físico 29,69% e 68,65% pela web.

11h50m – Quatrinni está apresentando o modelo técnico e a arquitetura da plataforma BET da Lottomattica. Muito complexo.

11h54m – Sobre a comissão do PDV, quando um apostador ganha cinco vezes o ponto é remunerado em 10% do prêmio.

11h55m – Todos os apostadores são identificados no PDV ou na internet antes de fazer as apostas e os ganhadores acima de 500 euros tem que preencher um formulário e receber na loteria.

 

12h – Quatrinni acredita que o Brasil poderia arrecadar 30 bilhões de reais por ano com as apostas esportivas, “principalmente devido a cultura futebolística do país”. Além disso, o executivo também destacou que estes valores poderão aumentar “e muito” com a realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas.

12h10m – Quatrinni não revelou o percentual pago ao PDV pela abertura de conta de um novo apostador, mas informou que o mesmo receberá uma porcentagem todas às vezes que aquele jogador cadastrado apostar no BET.

Com esta informação, Quatrinni terminou sua apresentação.

 


12h20m – Começa a apresentação da responsável pelo Programa de Responsabilidade Social Corporativa e Riscos Corporativos da Loterias y Apostas Del Estado da Espanha (LAE),  Cristina Revuelta sob o título “A Responsabilidade Social e Empresarial da LAE”.

12h20m – Cristina está destacando a importância da aplicação dos recursos advindos das loterias nos projetos sociais do governo.

12h35m – Cristina informou que a LAE produziu um livro para ajudar os apostadores humildes, que não têm inteligência financeira, com o objetivo de ajudá-los a não perder tudo. Este é um fato recorrente neste segmento.

12h40m – A LAE está estudando todos os trabalhos de jogadores patológicos do mundo inteiro para ajustar os programas da Sociedade espanhola.

Terminou a palestra Cristina Revuelta.

 

12h47m – Começou a exibição dos filmes publicitários produzidos para a TV das loterias estatais Ibero-Americanas que são filiadas à CIBELAE. O resultado será divulgado no jantar de encerramento. Concorrem sete filmes na modalidade Prognósticos Numéricos e Esportivos.

12h50m – Foram exibidos dois filmes da Loteria Nacional da Argentina, sendo um da “Quiniela”. Dois da Caixa Econômica Federal, sendo um da “Mega-Sena da Virada” e outro da “Quina de São João”. Um da Loteria do Panamá “Buena Fortuna”. Um da Polla Chilena da “Loto”. Um Uruguai do Supermach chamado “La Banca”.

Pausa para o almoço. Voltaremos äs 14h30m com a palestra ‘Modernização das Loterias de Estado: é possível superar esse desafio’ do superintendente Nacional de Loterias da Caixa, Gilson Braga.


14h45m – Recomeça a Plenária com a apresentação do superintendente Nacional de Loterias da Caixa, Gilson Braga: ‘Modernização das Loterias de Estado: é possível superar esse desafio’.

14h50m – Gilson está apresentando os resultados expressivos das Loterias Caixa nos últimos três anos a partir das modificações e adequações dos produtos, como as extrações especiais ‘Mega da Virada’ e ‘Quina de São João’, além da Quina diária. Dos ajustes na Loteria Instantânea e na Timemania.

15h – Gilnson informa que em 2010, as Loterias registraram arrecadação recorde de R$ 8,8 bilhões em apostas. Esse valor é o maior na história das Loterias no Brasil, sendo 19,8% maior que o apurado no ano anterior, que foi de R$ 7,3 bilhões, e 51,7% maior que o valor de 2008, que foi de R$ 5,8 bilhões.

15h02m – O dirigente da Caixa informa que as apostas cotizadas ou os conhecidos ‘Bolões’ serão implantados em 2012 com o nome do ‘Bolão Federal’. Comenta também sobre as apostas pela Internet, que a plataforma que está sendo desenvolvida para todas as loterias da Caixa e também para as apostas esportivas.

15h14m – Sobre as novidades, Gilson informa que estão sendo desenvolvidos vários os novos produtos como o ‘Super Sete’, o ‘Dia da Sorte’ com sorteio diurno, já que todos os outros são noturnos. Implantação de novo modelo para a Timemania.

15h15m – Gilson destaca que o Brasil não pode ficar fora do mercado de apostas esportivas e que para a implantação desta nova modalidade será necessário modificar a legislação, distribuição, repasse dos tributos e Payout.

15h18m – O executivo também destaca a necessidade de modernizar a legislação atual para que a Caixa possa operar a modalidade de apostas esportivas e das loterias instantâneas. Uma das ideias é aumentar a capilaridade da rede já que atualmente ela representa uma unidade para cada 17 mil habitantes.

“Não temos como crescer se não mostrarmos os produtos, portanto temos que buscar uma solução para explorar melhor as loterias instantâneas”, comentou Gilson.

15h30m – O dirigente da Caixa também destacou a necessidade de fazer uma revisão nos tributos (12%), nos repasses sociais (30%) e uma revisão no comissionamento do PDV (14%) para poder melhorar o payout (plano de premiação das Loterias Caixa.

15h35m – Gilson disse fica envergonhado em mostrar o payout das Loterias Caixa, pois são muito baixo se comparados aos das outras loterias, mas informou que a CEF está trabalhando para melhorá-los. Citou como exemplo o payout da modalidade BET da França de 87% e das loterias instantâneas de 60%. [Nota do redator: não é a Caixa Econômica Federal quem define o payout das loterias da União, mas o Congresso Nacional através de lei]

Fim da apresentação do Gilson Braga.

15h45m – Sob o titulo ‘As Loterias do Mundo unidas: hoje e amanhã’ o presidente da World Lottery Association – WLA e da Loteria da Finlândia Veykkaus, Risto Nieminen e diretor-executivo da WLA e da Loteria da Dinamarca, Jean Jorgensen apresentaram os números das loterias mundiais. Atualmente, existem no mundo 200 loterias, sendo que destas 144 são membros da WLA, além de 58 fornecedores de produtos para loterias.

15h50m – Segundo os dirigentes, a WLA investe em treinamento e educação através de seminários e convenções “como a que esta sendo realizada no Brasil”. A entidade também foca na criação de um grande evento voltado para loterias a cada dois anos. Na área da Comunicação foi destacada a revista e o site da entidade, que em breve terá uma versão para o espanhol. Também foi destacada a questão da segurança das operações lotéricas e o lançamento de um guia de certificação. Foi informado que á existem várias loterias certificadas em diversos níveis pelos comitês de segurança.

15h55m – Foi informado que a WLA esta preparando uma convenção para o próximo ano para jogos pela Internet e apostas esportivas.

15h58m – Os executivos destacaram a importância da compilação do índice de vendas de apostas trimestrais das loterias da América Latina. A ideia  surgiu com a crise de 2008, quando todos procuravam um indicador de como as loterias estavam se saindo com o cenário de crise. No ano de 2010, ouve um crescimento de 12% nas vendas, que foi considerado um cenário muito bom. Os dirigentes agradeceram aos operadores de loterias do Brasil, México e Argentina pelo envio dos dados.

Ao final os dirigentes da WLA convidaram os presentes a participarem do Congresso Anual da WLA, que em 2012 será realizado em Montreal no Canadá  de 9 a 12 de setembro de 2012.

Fim da apresentação dos dirigentes da WLA.

17h – A Diretora da Divisão Legal da Santa Casa de Misericórdia da Santa Casa de Misericórdia de Lisboa (Portugal), Ana Paula Barros, apresenta a palestra “O jogo Multiestatal de A a Z” e usa como exemplo a operação do Euromilhões.

17h05m – Ana Paula apresentou todo arcabouço da legislação e as devidas adaptações de todos os países para que o Euromilhões fosse implantado na Europa.

17h06m – Destaca a necessidade de se criar mecanismos que defendam os jogadores e que auxilie o Estado no controle do jogo ilegal. 

17h08m – A executiva informa que a maior parte do dinheiro do jogo vai para o Estado na substituição de impostos.

Fim da apresentação da Ana Paula.

17h21m – Durante as perguntas foi destacada a indignação do deputado francês, Eric Straumann sobre os altos prêmios pagos aos ganhadores do Euromilhões.

17h30m – Começa o debate – “O papel do Estado e das Loterias: Jogo Público versus Jogo Privado” com a participação de representantes do Brasil – Edilson Carrogi Ribeiro Viana, da Costa Rica – Francisco Ibarra, da Espanha – Juan Antonio Gallardo e do México – Jorge Gaviño. O moderador do debate é o presidente da Lotería Nacional Sociedad del Estado da Argentina e presidente da Cibelae, Roberto Armando Lopez.

17h54m – Jorge Gaviño do México defende que o jogo deve ser atribuição do Estado. Comenta sobre a situação delicada que atravessa o seu país sobre os cartéis e sobre o recente massacre no cassino de Monterrey.

17h03 – Francisco Ibarra da Costa Rica apresenta a legislação do seu país.

18h20m – O representante do Brasil e da Caixa, Edilson Carrogi Ribeiro Viana O jogo não é uma finalidade, mas um gerador de riquezas que é utilizado pelo Estado para finalidades sociais. Comenta também sobre o recente debate da dos atores políticos sobre a validade de utilizar o dinheiro de algumas modalidades do jogos para regulamentar a Emenda 29 da saúde.

18h40m – Juan Antonio Gallardo apresentou o panorama das apostas na na Espanha e que as vendas da LAE representam 30% das apostas latinas. Elas estão distribuídas da seguinte forma: 36% em Loterias, 33% em máquinas de jogo, 13% em apostas esportivas, 8% em cassinos, 7% em bingos e 3% em apostas hípicas/turfe.

18h50m – Término do debate.