Angelo Coronel defende a legalização de todas as modalidades como alternativa ao uso dos recursos da saúde e educação

Compartilhar
“Em vez de usar recursos da saúde e da educação, temos que tirar todos os jogos (cassino, jogos online, bingos, jogo do bicho, caça-níqueis) da clandestinidade”

O senador Angelo Coronel (PSD-BA), relator do PL 2.648/19 na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado, voltou a defender nas suas redes sociais a legalização dos jogos como alternativa ao uso dos recursos da saúde e educação.

“O governo e o Congresso têm que buscar novas alternativas de receita imediata para bancar o novo auxílio emergencial sem comprometer outras áreas importantes. Em vez de usar recursos da saúde e da educação, temos que tirar todos os jogos (cassino, jogos online, bingos, jogo do bicho, caça-níqueis) da clandestinidade, criando assim uma nova fonte de receita e gerando mais empregos. São R$ 50 bilhões a mais de recursos públicos e 700 mil empregos diretos. Por que esperar mais? #LegalizaçãoDosJogos #LegalizarOsJogosSim”

Comentar com o Facebook