Lemmy Kilmister, do Motörhead, tinha câncer no cérebro e no pescoço

Compartilhar

Lemmy Kilmister, vocalista e baixista da banda de heavy metal Motörhead, tinha um câncer terminal no cérebro e no pescoço. O diagnóstico foi feito no último sábado (26), dois dias após seu aniversário de 70 anos, segundo informações do empresário da banda, Todd Singerman, em entrevista ao canal de notícias BBC News. Lemmy morreu na tarde de segunda-feira (28) em sua casa, em Los Angeles.

Os planos de Lemmy eram de divulgar um comunicado para a imprensa depois de informar aos amigos próximos e familiares. Enfermeiros foram contratados para cuidar do músico em sua casa. Segundo Singerman, junto com os preparativos para o tratamento, foi levado à casa de Lemmy uma máquina caça-níqueis retirada do bar The Rainbow, onde era frequentador assíduo. Lemmy passou horas jogando e em seguida tirou um cochilo, mas não acordou mais.

Comentar com o Facebook

Deixe uma resposta