Meia de clube gaúcho faz denúncia de venda de jogo para casa de apostas pela Série B do Gauchão

Apostas I 02.08.22

Por: Elaine Silva

Compartilhe:
O atleta do Farroupilha, Iago Padilha publicou no Facebook denúncia que o jogo foi vendido e o resultado de 7 a 0 na Série B do Gauchão foi manipulado

O meia do Farroupilha-RS, Iago Padilha, utilizou sua conta no Facebook para anunciar a saída do clube. O jogador fez graves denúncias aos jogadores e dirigentes do clube, que teriam aceitado vender a partida para o Bagé-RS, pela Segunda Divisão do Futebol Gaúcho, por conta de casas de apostas. O jogo terminou com a goleada do Bagé por 7 a 0.

O jogador ficou bastante frustrado com a situação, falou que faltou respeito com o clube e acusou pessoas que entraram no Farroupilha e estariam se beneficiando vendendo a partida. A derrota por 7 a 0 eliminou o Farroupilha da competição.

“Um clube com uma história, uma camisa de respeito. Não respeitaram o clube, pessoas sem caráter, pessoas de outra cidade vieram para acabar com o clube. É lamentável o que esses caras fizeram lá, ontem contra o Bagé, eu estava lá e posso falar, vender o jogo, isso não existe. Já está difícil fazer futebol no interior e os caras vem de fora para usar o clube para fazer apostas é sacanagem isso. Eu sou da cidade e não aceito isso, sou contra essas coisas de venda de jogo, por isso hoje estou comunicando meu desligamento do clube. Quem sabe em outra oportunidade, quando pessoas sérias assumirem o clube, não possamos trabalhar novamente na instituição”, escreveu em sua conta no Facebook.

Denúncia no TJD

O procurador-geral do TJD, Alberto Lopes Franco, confirma que oferecerá denúncia ao tribunal após analisar os fatos. O presidente do Farroupilha, Fábio Costa, foi procurado pelo CP, mas não atendeu às ligações e não retornou as mensagens., Alberto Lopes Franco, confirma que oferecerá denúncia ao tribunal após analisar os fatos. O presidente do Farroupilha, Fábio Costa, foi procurado pelo CP, mas não atendeu às ligações e não retornou as mensagens.

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.