Na vanguarda da regulamentação das bets

Apostas I 21.02.24

Por: Magno José

Compartilhe:
Na vanguarda da regulamentação das bets 3
Em um mercado de US$ 11 bilhões com um público potencial de 160 milhões de brasileiros, Instituições de Pagamento autorizadas se destacam por oferecer operações em conformidade com a nova regulamentação brasileira de apostas esportivas

Uma estimativa feita pelo jornal Folha de S.Paulo, apontou que os gastos dos brasileiros com jogos e apostas online – as chamadas bets – atingiram cerca de US$ 11,1 bilhões entre janeiro e novembro do ano passado, o equivalente a R$ 54 bilhões. O valor aproximado corresponde a remessas feitas para empresas do setor que atuam no exterior.

Já uma pesquisa realizada pela TGM International, constatou que 8% dos apostadores brasileiros jogam diariamente e 31% apostam algumas vezes por semana, o maior percentual da América Latina. Além disso, cerca de 106 milhões de indivíduos (dos 160 milhões de adultos no Brasil) possuem apostas de quota fixa favoritas. Estima-se que 74 milhões participem em apostas desportivas, sendo 23 milhões em cassinos online. Os dados endossam um grande potencial desse setor, que não para de crescer e tem chamado a atenção de operadores internacionais, que buscam viabilizar suas operações e acessar o mercado nacional.

Nesse contexto, as entidades interessadas estão cientes de que a nova regulamentação exige a obtenção de uma licença junto ao poder público brasileiro. O que nem todos sabem é que, para operacionalizar seus pagamentos em território nacional, também é necessário contar com uma Instituição de Pagamentos autorizada pelo Banco Central do Brasil.

Atualmente, o Brasil conta apenas com poucas instituições habilitadas para realizar esse tipo de operação. Entre elas, se destaca a WEpayments, fintech autorizada e participante do Pix, que obteve sua licença em março de 2023 se tornando pioneira em aderir totalmente às regras da legislação para realizar transações seguras.

Por atuar conforme as exigências de compliance e da nova regulamentação das bets, a instituição se torna apta a oferecer segurança tecnológica, financeira e regulatória para empresas de todo o mundo que querem atuar no mercado de iGaming, além de atender outros pré-requisitos desse segmento.

Na vanguarda da regulamentação das bets 1
Fernanda Zago, CEO e Co-founder da WEpayments: “A WEpayments estará presente no primeiro evento pós-regulamentação da indústria de Sports Betting e iGaming no Brasil, o Web Summit Rio”

“Sendo uma instituição especializada em pagamentos massivos e instantâneos com foco na otimização de pagamentos originados no mercado brasileiro, temos uma infraestrutura que casa perfeitamente com as necessidades e exigências específicas desse nicho – que demanda alta velocidade de processamento, estabilidade de processamento e segurança transacional”, afirma Fernanda Zago, CEO e Co-founder da WEpayments.

Outro ponto relevante para garantir performance nesse mercado está conectado ao método de pagamento. Sendo o Pix o principal meio autorizado para realizar as apostas no Brasil, é interessante que os operadores procurem por instituições que sejam preferencialmente participantes autorizados do arranjo do Pix nos moldes exigidos pelo Bacen.

“Contar com uma instituição de pagamento participante do Pix traz uma série de vantagens que vão além da instantaneidade característica do método e a disponibilidade 24/7 das operações. São benefícios como redução de custos, segurança aprimorada, atração e retenção de clientes, além de conformidade regulatória, características que certamente impactam o sucesso de negócios em ascensão no mercado brasileiro”, aponta a CEO.

Na vanguarda da regulamentação das bets

Zago ressalta ainda que buscar diferenciais como uma robusta estrutura de compliance, que evite, por exemplo, os pagamentos para menores de idade – que podem chegar a até 2% do volume total de transações, mesmo com validações realizadas pelo próprio operador. Além disso, buscar por suporte local na língua nativa do usuário apostador, aliado a um atendimento personalizado ao operador são fatores que também influenciam o bom desempenho no mercado.

“Mais do que procurar uma solução de pagamento, é importante encontrar um parceiro de negócios, que esteja comprometido com a escalabilidade da sua operação”, conclui. A WEpayments estará presente no primeiro evento pós-regulamentação da indústria de Sports Betting e iGaming no Brasil, o SBC Summit Rio. Para conhecer mais sobre as soluções disponíveis, acesse: https://wepayments.com.br/.

Na vanguarda da regulamentação das bets 2

Comentar com o Facebook