Presidente da Comissão de Turismo da Câmara defende a legalização dos jogos durante o III Fórum CLIA Brasil

Compartilhar
Cerimônia de abertura do III Fórum CLIA Brasil 2019 (Foto: Beto Barata/MTur)

O presidente da Comissão de Turismo da Câmara, deputado Newton Cardoso Jr. (MDB-MG) voltou a defender a legalização dos jogos durante o III Fórum CLIA Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), realizado nesta quarta-feira (28), na sede do Ministério do Turismo, em Brasília. O evento contou com a participação de representantes do mercado de cruzeiros e personalidades políticas para debater os rumos do desenvolvimento dos cruzeiros no país.

A abertura contou com a participação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio; do presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo (Frentur), deputado Herculano Passos (PSD-SP); do presidente da CLIA Brasil, Marco Ferraz; presidente da CLIA Global, Kelly Craighead e do Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados.

“Na abertura do evento, fizemos um relato do trabalho que estamos realizando no Congresso e destacamos os projetos que consideramos fundamentais para o impulsionamento do turismo no Brasil. Entre eles, a legalização dos jogos”, informou Newton Cardoso Jr..

A Clia Brasil divulgou o “Estudo de Perfil e Impactos Econômicos de Cruzeiros Marítimos no Brasil – Temporada 2018/2019”. De acordo com a pesquisa, a temporada 2019/2020 receberá oito navios, um a mais do que a temporada passada, trazendo 531.121 leitos que serão divididos por 144 roteiros e 575 escalas. A temporada 2018/2019 de cruzeiros marítimos foi responsável por um impacto econômico de R$ 2,083 bilhões na economia do país, gerando 31.992 postos de trabalho na economia brasileira. Ao todo, 462 mil cruzeiristas embarcaram.

Na temporada 2018/2019 foram gerados 31.992 postos de trabalho na economia brasileira, 15,3% a mais que no período anterior.

Comento

Enquanto os cruzeiros, que tem cassinos em suas embarcações, geraram quase 32 mil empregos, a legalização dos jogos poderia gerar 200 mil e formalizar 450 mil. Fica o registro.

Comentar com o Facebook

Deixe uma resposta