Projeto dos Bingos: vamos aos fatos… Na segunda-fei…

Blog do Editor I 26.05.10

Por: sync

Compartilhe:


Projeto dos Bingos: vamos aos fatos…

 

Na segunda-feira pedi e vocês respeitaram: “vamos deixar o pessimismo e as críticas para depois que não tivermos mais esperança de pauta para esta semana”. Os comentários do post abaixo mostram que também cumpri com a minha parte e os leitores do Blog criticaram e desabafaram através de 124 comentários. Mas chegou o momento da razão…

 

Confesso que também estou decepcionado, frustrado, zangado, entre outros sentimentos negativos contra alguns parlamentares, mas principalmente contra o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer, já que é dele a prerrogativa de decidir os projetos que serão colocados na pauta do Plenário. Se não for desejo do presidente da Casa, não tem solução! Mesmo que usemos todos os adjetivos, passeatas, manifestações, outdoor, publicidade, e-mail, entre outras ações, estaremos perdendo o nosso precioso tempo.

 

Portanto, a resistência ao Projeto dos Bingos é do deputado Michel Temer, que devido a pretensões políticas (vice-presidente da Dilma) está cumprindo a ‘agenda’ imposta pela mídia (que diz que representa a sociedade): Ficha Limpa, reajuste dos aposentados, fim do fator previdenciário, entre outras propostas. Além disso, em ano de eleições, não há no Congresso Nacional parlamentares dispostos a contrariar a vontade da mídia. Como o Projeto dos Bingos é um tema polêmico e, não está na agenda da mídia, ficamos sempre para o fim da fila.

 

Desde o final do ano passado, que representantes do setor e parlamentares simpáticos a proposta, vêm tentando conseguir pauta para o Projeto dos Bingos. Passamos por todas as etapas, inclusive uma Comissão Geral no Plenário da Câmara, quando a proposta foi debatida com representantes do governo, sociedade civil e entidades representativas do setor. As velhas acusações como lavagem de dinheiro, sonegação, patologia, falta de controle, ligações máfia, entre outras bobagens, foram debatidas a luz do dia e, como estas mazelas foram anuladas depois que a proposta tramitou pelas Comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, de Finanças e Tributação e Constituição Justiça e de Cidadania.

 

Nas últimas semanas, a única chance real de pauta para o Projeto dos Bingos, foi durante a sessão extraordinária da última quarta-feira(20), quando um requerimento de urgência do deputado Arnaldo Faria de Sá, com o apoio de vários líderes, esteve na pauta para ser votado depois da PEC 300. Nesta mesma sessão, houve uma tentativa de inversão de pauta, mas foi rejeitada. Mas um tumulto dos policiais e agentes penitenciários na Galeria da Câmara acabou provocando o encerramento da sessão.

 

Para que fique registrado. Esta sessão era presidida pelo 1º vice-presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), já que o presidente Michel Temer estava viajando para Nova York em companhia da presidenciável Dilma Roussef.

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.