Trump pede a Bolsonaro ajuda para legalizar os cassinos-resorts

CompartilharUm experiente jornalista e com fontes no Itamaraty e na Embaixada Brasileira em Miami, enviou um áudio para o BNL revelando que um dos temas do jantar da noite de sábado na residência em Mar-a-Lago, no estado da Flórida entre o presidente dos EUA, Donald Trump e Jair Bolsonaro seria a…

Compartilhar
Um dos temas do jantar da noite de sábado na residência em Mar-a-Lago, no estado da Flórida entre o presidente dos EUA, Donald Trump e Jair Bolsonaro seria a legalização dos cassinos em resorts

Um experiente jornalista e com fontes no Itamaraty e na Embaixada Brasileira em Miami, enviou um áudio para o BNL revelando que um dos temas do jantar da noite de sábado na residência em Mar-a-Lago, no estado da Flórida entre o presidente dos EUA, Donald Trump e Jair Bolsonaro seria a legalização dos cassinos em resorts.

Não existe segredo da proximidade entre o CEO do Grupo Las Vegas Sands e bilionário Sheldon Adelson com o presidente Trump. Além disso, Adelson é um dos maiores financiadores dos Republicanos, partido pelo qual Trump vai tentar à reeleição.

A atenção dos defensores da aprovação do Marco Regulatório dos Jogos será para o pós-encontro e como o presidente Bolsonaro tentará viabilizar a aprovação da Lei Sheldon Adelson. Legalizar os cassinos-resorts por medida provisória não será possível devido a matéria penal.

A melhor alternativa é usar o PL 442/91 como ‘barriga de aluguel’ para viabilizar os cassinos-resorts. Mas será necessário rejeitar o texto aprovado pela Comissão Especial do Marco Regulatório e em seguida nomear um relator de Plenário, que apresentaria um novo texto somente com os cassinos. Mas este movimento depende do Rodrigo Maia e dos líderes partidários.

Além disso, existe a alternativa do Executivo apoiar a aprovação do PL 442/91 e na sanção presidencial vetar as modalidades que não interessarem ao governo.

***

Cardápio: liberação de cassinos

A Coluna Esplanada assinada pelo jornalistas Leandro Mazzini e veiculada pelo jornal O Dia do Rio de Janeiro e mais 36 jornais revela que a liberação de cassinos no Brasil entra no cardápio do jantar do presidente Jair Bolsonaro, na Flórida, com o presidente Donald Trump – que é amigo de Sheldon Adelson, seu financiador político. Adelson é dono dos maiores cassinos dos EUA.

Amigo próximo

É o deputado Eduardo Bolsonaro, filho de Jair e presidente da Comissão de Relações Exteriores, quem vai ser o tradutor do encontro. Eduardo caiu nas graças de Trump.

Comentar com o Facebook

Deixe uma resposta