Apresentador Larry King morre após complicações da Covid-19

Compartilhar
Além de casamentos, King era extravagante e gostava de apostar em corridas de cavalos (Foto: Instagram/@larrykingnow)

O apresentador americano Larry King, 87, morreu neste sábado após complicações da covid-19. King estava internado desde o começo do ano, após contrair a covid-19. O estado dele era considerado grave, e o apresentador não podia receber visitas no hospital. A causa oficial da morte não foi anunciada.

Com mais de seis décadas de carreira como comunicador, King apresentou o programa de entrevista “Larry King live” por 35 anos na CNN.

Larry King estimava ter entrevistado mais de 50 mil pessoas ao longo de sua carreira, que começou no rádio, teve seu auge na TV e terminou no streaming. Mas sua trajetória também teve facetas exploradas pelos tabloides e colunas de fofoca. Larry King foi casado oito vezes com sete mulheres diferentes.

Além de casamentos, King era extravagante e gostava de apostar. Ele gastava muito dinheiro com carros e roupas, perdeu demais em corridas de cavalos, e evitava declarar impostos. Apesar de já ter uma renda considerável na época, ele declarou falência em 1960.

Comentar com o Facebook