CAIXA lembra do aniversário da Loterias Caixa dois dias após a data

Blog do Editor I 21.09.21

Por: Magno José

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Caixa anuncia mudanças na Super Sete, Lotomania, Quina, Loteria Federal, Timemania e ‘Mais Milionária’
Caso o Ministério da Economia opte pela criação de uma agência reguladora de loterias, apostas e jogos, seria o caso de estudar retirar da Caixa a operação das loterias da União

Definitivamente, as loterias não são prioridades para a Caixa Econômica Federal.

Somente na tarde da última sexta-feira (17) – dois dias depois da data comemorativa -, que através do texto divulgado para a imprensa sobre o prêmio acumulado da extração da Mega-Sena de sábado, que o banco registrou a passagem do primeiro sorteio após a transferência da administração das Loterias Federais para a CAIXA, com a extração nº 1 da Loteria Federal. Confira o texto:

Loterias CAIXA completam 59 anos:

As Loterias CAIXA completaram 59 anos nesta semana. O dia 15 de setembro de 1962 marca o primeiro sorteio após a transferência da administração das Loterias Federais para a CAIXA, com a extração nº 1 da Loteria Federal. A criação das Loterias CAIXA também consolidou sua finalidade social, em que quase 50% do que é arrecadado com as vendas é destinado ao Governo Federal para investimentos em diferentes áreas do país, como educação, saúde, cultura, esporte, segurança e seguridade.

No último ano, foi registrada arrecadação recorde de R$ 17,1 bilhões, consequentemente garantindo o maior repasse aos beneficiários legais já feito pelas Loterias CAIXA em toda a sua história, no total de R$ 8,05 bilhões.

As dez modalidades das Loterias fazem parte da vida do brasileiro, que busca a sorte grande em cada aposta. O último ano foi o de maior distribuição de prêmios, superando em 5% o recorde de prêmios ofertados em 2019. Foram R$ 5,9 bilhões para 300,8 milhões de apostas premiadas, somando todas as faixas de premiação de todas as modalidades de loterias.

A credibilidade e a lisura das operações das Loterias CAIXA são reconhecidas internacionalmente. Em 2020 houve a recertificação Nível 3 no Jogo Responsável, concedida pela Associação Mundial das Loterias (WLA), evidenciando que a CAIXA está alinhada às melhores práticas de governança adotadas pelas loterias no mundo no que diz respeito à proteção dos apostadores e redução dos danos potenciais associados ao mercado de jogos de loterias.

Comento: sair da zona de conforto

Um amigo da Coluna, que já trabalhou na Caixa, comentou que o esquecimento do aniversário das Loterias Caixa não pode ser colocado na conta do departamento de marketing e comunicação do banco, mas também da área de loterias.

A área de loterias está sendo cada vez mais sucateada. Anteriormente, a Superintendência de Loterias – SUALO tinha três Gerências Nacionais e agora está restrita a apenas uma.

Segundo a fonte, os profissionais mais capacitados da área de loterias estão perdendo a vontade e o interesse pela área, pois não vislumbram crescimento.

“Loterias só tem importância a rede lotérica, que é a razão de existência dela e o banco ignora. Quando as estaduais começarem a operar vão perder muito”, comentou.

As loterias federais, que a Caixa Econômica Federal opera por delegação da União e que tem na Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria, da Secretaria Especial de Fazenda do Ministério da Economia – SECAP-ME o órgão regulador, vão enfrentar forte concorrência das loterias estaduais, principalmente quando os principais estados começarem a operar.

Inibidores de mercado

Número de produtos limitados, produtos envelhecidos e pouco atraentes (exceção da Mega-Sena), baixos índices de premiação e baixo e/ou nenhum entretenimento são inibidores de vendas. Já a distribuição dos produtos é limitada e de baixa conveniência, com redes de varejo ignoradas, baixa utilização de tecnologia disponível, pouco estímulo para revendedor e plataformas ignoradas como internet, celular e televisão.

Até mesmo as ações de marketing do site das Loterias Online são ridículas se comparadas as plataformas que prestam esse serviço.

Sugestão

Caso o Ministério da Economia opte pela criação de uma agência reguladora de loterias, apostas e jogos, seria o caso de estudar retirar da Caixa a operação das loterias da União.

A Caixa esquecer o aniversário das loterias é como o marido esquecer o aniversário da esposa ou de casamento. Imperdoável!

 

Comentar com o Facebook