‘Chega de jogar, senhora’: mulher ignora policial para ficar em caça-níquel

Compartilhar
O surpreendente: ela simplesmente ignorou a presença policial

Uma situação bem curiosa foi registrada durante operação da Polícia Civil de Goiás, no município de Luziânia, no entorno do Distrito Federal, na última terça-feira (26). Uma mulher foi flagrada ignorando um policial para continuar concentrada em uma máquina caça-níquel.

Na ocasião, agentes do Genarc (Grupo Especial de Repressão a Narcóticos) cumpriam um mandado de prisão, baseado na Lei Maria da Penha.

Ao chegar até o referido local, os policiais foram recebidos por um senhor, que informou não conhecer a pessoa do mandado e disse não ter mais ninguém na residência.

No entanto, os agentes ouviram barulho e, ao investigar o local encontraram um ponto clandestino de jogos de azar. Lá, havia uma mulher jogando em uma das máquinas de caça-níquel.

O surpreendente: ela simplesmente ignorou a presença policial. No vídeo gravado pela polícia, a mulher estava tão concentrada no jogo que sequer respondeu quando um dos agentes a tocou no ombro por três vezes.

“Chega de jogar, senhora. Você joga aqui todo dia?”, questiona o policial. “Não”, respondeu a mulher.

De acordo com o delegado Rafael Abraão, de Luziânia, além da mulher flagrada no vídeo, outro homem foi conduzido à delegacia.

“A mulher foi autuada por aposta ilegal e o homem, por ser responsável pela casa de jogos de azar. Os dois assinaram o TCO [Termo Circunstanciado de Ocorrência] e foram liberados”, explicou. (UOL Notícias – Marília Noleto – Goiânia GO)

Comentar com o Facebook