Macau reporta queda de 74% nos impostos do jogo em 2020

Compartilhar
O GGR dos cassinos de Macau têm uma das taxas mais elevadas com cerca de 39%

A arrecadação de impostos do governo de Macau sobre à indústria do jogo caiu 74% em termos comparativos para 29,81 bilhões de patacas (US$ 3,73 bilhões) em 2020.

A receita bruta do jogo (GGR) de cassino no ano foi de 60,44 bilhões, uma redução de 79%. Tal declínio nos ganhos foi atribuído à pandemia de COVID-19 em andamento. O Financial Services Bureau disse que os meses de maior sucesso foram janeiro e novembro a dezembro.

O governo recebe impostos dos cassinos da cidade, loterias tradicionais chinesas   e corridas de cavalos. Os operadores de revendedores também precisam pagar impostos por suas comissões. O GGR dos cassinos têm uma das taxas mais elevadas com cerca de 39%, de acordo com a GGRAsia.

O início de 2021 também não parece promissor. O Golden Week, uma celebração do Ano Novo Chinês, só trouxe 90,615 visitantes para a cidade, um declínio de 65% a partir de 261.069 em 2020 e uma queda ainda maior de 1.21m que chegou na cidade em 2019. A China Continental supostamente sofria de novo vírus surtos e os cidadãos foram encorajados a permanecer no local.

Macau espera reiniciar o visto eletrônico do Sistema de Visitas Individuais (IVS) com o continente, o que permitiria viagens mais fáceis. O processo de visto IVS foi retomado em setembro de 2020, mas o processo de aplicação é presencial, limitando o número de requerentes.

A diretora do Gabinete de Turismo do Governo de Macau, Maria Helena de Senna Fernandes, disse que a aplicação digital aumentará significativamente o número de visitantes. (Gambling Insider – Violeta Prockyte)

Comentar com o Facebook