Movimento de Apostas na Gávea não passou dos R$ 700 mil

Compartilhar
O Movimento Geral de Apostas (MGA) de domingo no Hipódromo da Gávea foi de R$ 664.539,27, na segunda–feira R$ 683.882,53 e na terça-feira R$ 677.288,52

Mais uma vez, o Movimento Geral de Apostas (MGA) no turfe carioca não ultrapassou a casa dos R$ 700 mil. No conjunto de três programações, domingo, segunda, e terça–feira, o resultado final do MGA foi bem parecido. A segunda–feira, com 10 páreos disputados, arrecadou R$ 683.882,53, o maior de todos. Entretanto, o valor faturado nos outros dois programas, deixa evidente, que o fato de ter um páreo a mais, foi o fiel da balança. Na terça–feira, com um páreo a menos, ou seja, apenas nove provas, o resultado do MGA foi de R$ 677.288,52. Sem dúvida, um empate técnico, no aspecto financeiro.

O faturamento mais fraco da semana ficou por conta do domingo, com R$ 664.539,27. Este resultado pode ser atribuído ao jogo do Campeonato Brasileiro de Futebol, entre Flamengo e Internacional. O prado ficou as moscas. E, pela primeira vez, nas últimas semanas, o número de apostadores esteve compatível, com os poucos funcionários dos guichês. Nos outros dias acontecem pequenas filas, o que diminuiu o faturamento. O jogo fecha antes que todos consigam apostar. Em tempos de pandemia, limitação de público, exigência da falta de aglomerações, não havia saída para o JCB atrair os turfistas, que dividem o seu interesse com o futebol.

Talvez, num futuro longínquo, depois que todo mundo estiver vacinado, daqui a alguns anos, nestas ocasiões, se possa utilizar o telão, de frente a Tribuna Social, com a transmissão do jogo. Uma boa opção também seria disponibilizar um quiosque, de alguma cervejaria, com chope gelado, ao lado da carrocinha de cachorro–quente já existente no prado. Isso motivaria a presença dos turfistas para assistir ao jogo no hipódromo. É claro, com liberação da entrada com as camisas dos dois clubes. Por favor, queridos leitores elitistas, que prestigiam esta coluna, não torçam o nariz. Sem milho, não se faz pipoca. Esta verdade é absoluta. Assim na Terra como no Céu. (Raia Leve – Paulo Gama)

Comentar com o Facebook