Operadora de cassinos Crown Resorts aceita oferta da Blackstone

14.02.22

Por: Magno José

Compartilhe:
A Blackstone terá também de obter a aprovação dos reguladores do jogo dos vários estados da Austrália para poder operar os casinos da Crown em Sydney, Melbourne e Perth

A operadora de cassinos australiana Crown Resorts aceitou uma oferta de aquisição por parte do fundo de investimento norte-americano Blackstone no valor de 8,9 bilhões de dólares australianos (5,6 bilhões de euros).

Após meses de negociações, a Crown Resorts disse em comunicado que irá recomendar aos acionistas que aceitem a oferta da Blackstone de 13,1 dólares australianos (8,23 euros) por ação numa assembleia geral ainda por marcar.

O presidente do conselho de administração da Crown Resorts, Ziggy Switkowski, disse que a “incerteza” continua a reinar sobre o futuro da empresa, apesar das medidas tomadas para enfrentar tanto a pandemia de covid-19 como as investigações judiciais após uma série de escândalos que envolvem o grupo.

O conselho de administração recomendou por unanimidade a aprovação da transação, com Ziggy Switkowski a sublinhar que o valor da oferta da Blackstone é 11% maior do que aquela feita há quase um ano.

Caso a aquisição seja aprovada, a Blackstone terá também de obter a aprovação dos reguladores do jogo dos vários estados da Austrália para poder operar os casinos da Crown em Sydney, Melbourne e Perth.

Em fevereiro de 2021, a Crown Resorts, um dos maiores grupos de cassinos da Austrália, anunciou que lhe foi negada uma licença pelas autoridades do estado de New South Wales para abrir um enorme casino em Sydney.

O motivo foi as alegadas ligações da empresa a operações de branqueamento de capitais por parte de tríades chinesas e outros grupos de crime organizado.

O principal acionista da Crown, o bilionário James Packer, detém atualmente cerca de 35% da Crown. (RTP Notícias)

error: O conteúdo está protegido.