Preso trio que sequestrou trader esportivo que perdeu quase R$ 2 milhões em criptomoedas

Blog do Editor I 10.06.21

Por: Magno José

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Polícia Civil prende três suspeitos de terem cometido crime de extorsão mediante sequestro

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), prendeu três homens que cometeram o crime de extorsão mediante sequestro. No dia 31 de maio, o responsável por manter a vítima no cativeiro foi preso em flagrante, ocasião em que a vítima foi posta em liberdade pelos policiais civis. Já no dia 8 de junho, foi dado cumprimento aos outros dois mandados de prisão, sendo os suspeitos encaminhados ao presídio de Itajaí.

Segundo apurado até o presente momento, dois empresários de Balneário Camboriú contrataram a suposta vítima para atuar como trader esportivo. Nesse sentido, os empresários entregaram à vítima aproximadamente o equivalente a R$ 2 milhões de reais em criptomoedas, para realização de apostas em plataformas digitais (sites de apostas esportivas). Contudo, a vítima perdeu quase a totalidade desse valor, ou desviou para contas de terceira pessoa.

Com o objetivo de reaver a importância perdida, os infratores supostamente agrediram, ameaçaram (inclusive com uso de uma pistola) e cercearam a liberdade de locomoção da vítima, a qual ficou detida em um apartamento, devidamente vigiada. Os suspeitos condicionaram a liberdade da vítima à quitação do débito, utilizando de violência física e psicológica, inclusive fizeram a vítima escrever uma carta de despedida, com o objetivo de simular uma possível morte.

Dessa forma, os três suspeitos foram encaminhados ao presídio de Itajaí, sem prejuízo da continuação das investigações. (Click Camboriú – SC)

Comentar com o Facebook