Parlamentares contrários aos jogos estão protagonizando ações e discursos ridículos

Blog do Editor I 04.05.22

Por: Magno José

Compartilhe:
Análise: Cassino resort integrado no Japão só em 2030! Imagina no Brasil?
Deputado Distrital ignora que loteria é jogo de azar e tenta impedir através de legislação distrital que Brasília não tenha bingos e cassinos depois da legalização

A votação do projeto de lei que cria o Serviço Público de Loteria do Distrito Federal mostra o desconhecimento dos paramentares sobre o setor de jogos.

Contrário a legalização dos jogos de azar, o deputado distrital, evangélico e vice-presidente da Casa, Rodrigo Delmasso (Republicanos) apresentou uma emenda ao projeto que cria a loteria, que proíbe a extensão da loteria distrital para outros tipos de jogos de azar.

“A bancada evangélica vota o projeto desde que a emenda seja aprovada. Se não for, nós não vamos poder votar com o governo. Mas conversei com o governador e ele é sensível e favorável”, disse em entrevista ao Metrópoles.

Vamos aos esclarecimentos

Loteria é jogos de azar e uma legislação distrital não impedirá que Brasília tenha bingos e cassinos, caso o Congresso Nacional aprove lei legalizando este setor.

Os discursos e as ações dos parlamentares evangélicos estão cada vez mais ridículos para justificar oposição a legalização dos jogos.

Oposição obstrui e impede votação de criação da loteria Distrital na CLDF

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.