Home Feiras ABIH-SP participa de Ice London e reforça aprovação de jogos de azar
< Voltar

ABIH-SP participa de Ice London e reforça aprovação de jogos de azar

07/02/2020

Compartilhe

Bruno Omori (ABIH-SP) com Liliana Costa (Clarion)

A Associação Brasileira da Hotelaria do Estado de São Paulo (ABIH-SP) está participando do Ice London, feiras de cassinos e jogos. Ela está representada por Bruno Omori, CEO da entidade, que na última terça feira (04) palestrou no Congresso Icevox, além de participar da mesa redonda sobre jogos e cassinos no Brasil.
O dirigente também está cumprindo extensa agenda de reuniões com grandes grupos de cassinos, apostas esportivas e online e também com membros do governo de diversos países. “Nosso objetivo é identificar oportunidades de trazer investimentos para a hotelaria e turismo de SP e do Brasil”, comentou o presidente da ABIH-SP.
Omori defende a tese de que a aprovação dos jogos e cassinos terá impacto na macroeconomia do Brasil, especialmente a partir de uma legislação com foco liberal e mercadológica. “Acredito que o modelo ideal seja esse, ou seja, sem limitar um tipo específico de jogo (cassino resort integrado, hotel cassino, cassino urbano/bingo, jogo online, entre outros), a sua localidade e a quantidade”, destaca.
Ainda de acordo com o executivo, a liberação vai proporcionar significativos resultados na geração de emprego e no fomento da economia. “É um modelo de grande potencial para todos os tipos de cidades e destinos turísticos, com capacidade de impactar de fato a economia do nosso País,” enfatiza o dirigente.
Bruno apresentou um resumo dos pontos importantes e conclusões que fazem parte do projeto defendido pela ABIH-SP:
“Existe a estimativa inicial de investimentos estrangeiros no Brasil da ordem de U$ 70 bilhões; com esse montante, primeiro aquecemos o mercado imobiliário, com valorização e venda de terrenos; construção dos empreendimentos e , na sequência natural, entramos no segmento de  móveis, decoração, iluminação, segurança, gráfica, indústrias em geral, automação, tecnologia, enxoval, entre outros equipamentos para os empreendimentos e os serviços agregados, tais como centro de convenções e teatros, por exemplo.
Por fim, empresas de gestão nas operações da hotelaria, da gastronomia, entretenimento, limpeza, segurança e tecnologia, entre outros. Devemos considerar também que teremos investimentos do mercado interno da ordem de bilhões de reais que serão agregados aos citados acima do internacional.”
ABIH-SP: impactos da aprovação
Dentro deste cenário, desde o investimento inicial até a operação em todo o processo serão gerados empregos na casa mais de uma dezena de milhões, ativando outros segmentos econômicos do País, além de gerar bilhões de reais em impostos, em todos os segmentos da economia.
Las Vegas, Macau e Singapura são alguns dos grandes players mundiais com investimentos superior a US$ 1 bilhão. Os destinos reúnem milhares de unidades habitacionais e Omori destaca o fato desses empreendimentos gerarem emprego e serem indutores de fluxos de turismo de negócios, compras, lazer, Mice, Jogo e entretenimento.
O profissional também defende o fato de países cristãos e islâmicos também contarem com a presença de cassinos. Além disso, não deixa de notar que existe jogos no Brasil que são legalizados e que geram a receita de R$ 14,2 bilhões, além dos ilegais, que detém 19,9 bilhões. “Somente nos EUA, os jogos geram US$ 240 bilhões e no Turismo mais de US$ 210 bilhões de exportações”, avalia.
Omori conclui afirmando que o País tem recurso para aplicar na educação, segurança e saúde. “São as bases da sociedade e muito necessários no Brasil”, finaliza. (Brasilturis Jornal)