Caixa estuda voltar a vender carteiras inadimplentes e realizar cinco IPOs, inclusive das loterias

Compartilhar
Pedro Guimarães reiterou que a Caixa tem cinco IPOs no radar: das áreas de seguridade, cartões, gestão de recursos, banco digital e loterias

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou nesta terça-feira (26) que pretende retomar operações voltadas ao mercado e ter foco total na venda de fatias de subsidiárias.

O banco pretende vender um percentual de cinco áreas – seguridade, cartões, gestão de recursos (asset), loterias e banco digital. Este último é um ativo que a Caixa ainda pretende criar, reunindo o patrimônio formado a partir dos serviços prestados pelo aplicativo Caixa Tem e por milhões de contas criadas para o pagamento do auxílio emergencial. De acordo com o executivo, as aberturas de capital são um legado que pretende deixar na instituição, já que a presença de minoritários tende a reforçar a governança.

O plano é que parte das vendas seja feita por meio de oferta inicial de ações na Bolsa (IPO, na sigla em inglês). “Nós queremos retomar as operações de mercado de capitais. É um foco total da Caixa realizar os IPOs, inclusive do banco digital”, afirmou em evento do banco Credit Suisse.

O executivo disse ainda que o banco quer manter agências em todas as cidades com mais de 40 mil habitantes e fechar em locais sem número suficiente de clientes. Neste mês, o Banco do Brasil anunciou um plano de reestruturação que incluía o fechamento de mais de 100 agências que gerou insatisfação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Comentar com o Facebook