Catarinense é campeão do Main Event do BSOP Millions

Pôquer I 06.12.21

Por: Elaine Silva

Compartilhe:
André Berlanda é o grande campeão do Main Event do BSOP Millions

O catarinense André Berlanda venceu na madrugada desta segunda-feira o maior Main Event da história de 17 anos do Campeonato Brasileiro de Poker, a maior competição do Hemisfério Sul, organizada pelo BSOP (Brazilian Series of Poker), e ganhou o prêmio de R$ 1,5 milhão. O torneio teve 4.115 inscritos e premiação total recorde de R$ 11,6 milhões. Até então, a maior marca já registrada havia sido de 3.472 entradas, em 2015.

“Não sei se caiu a ficha”, disse o campeão do evento principal do BSOP Millions, que retornou depois de quase dois anos de paralisação por causa da pandemia. “É a minha maior conquista, a maior premiação”, vibrou o jogador do Cardroom Team.

Em uma final tensa e cheia de reviravoltas, André Berlanda venceu o gaúcho Maurício de Farias, integrante do 4bet Team, que embolsou R$ 860 mil com o segundo lugar no Main Event. Ele vestia um blusão com escudo do Internacional e a final ganhou ares de Gre-Nal: André Berlanda é gremista.

Com o coro “arerê, o Grêmio vai jogar a Série-B”, integrantes do 4bet incentivavam Maurício e tentavam desestabilizar André. “Não influenciou, eu curti demais”, disse, rindo, o campeão, que confirmou a presença no BSOP Millions de 2022, porém acha difícil participar de outras etapas da próxima temporada. “É difícil viajar, eu tenho família, dois filhos pequenos.”

Já Maurício de Farias pretende competir em todas as etapas da próxima temporada, que começa em fevereiro, em Brasília. “Pretendo jogar todas as etapas do BSOP, eu gosto muito de live [poker presencial], então pretendo jogar mais torneios ao vivo e quem sabe ir a Las Vegas.”

Ele admitiu que terminou a competição com uma ponta de frustração. “Eu joguei bem, imprimi um ritmo muito agressivo, e ele não conseguia reagir.” Maurício foi deixando André com poucas fichas, porém com seis ’all-ins’ (a aposta de todas as fichas), André virou o jogo. ”É coisa do poker, infelizmente a gente não controla as cartas que batem”, disse Maurício.

O gaúcho exaltou o desempenho no evento principal do BSOP Millions: “Acabei ficando em segundo, que é o maior resultado da minha carreira. Gostei da minha postura e estou orgulhoso de ter conseguido esse troféu”.

O goiano João Bauer, que tem na carreira o título de campeão brasileiro do esporte da mente, garantiu o terceiro lugar no Main Event, que lhe rendeu premiação de R$ 570 mil. “Foi uma boa participação, consegui jogar da melhor maneira possível, de forma agressiva, sem errar. Foi um terceiro lugar um pouco sofrido, mas estou bem feliz.”

João Bauer pretende participar de todas as etapas do Brasileirão de 2022 e lutar por outro título nacional. “Com o terceiro lugar, ganhei bons pontos, então vou disputar todas as etapas do BSOP no ano que vem para lutar pelo ranking geral.”

Comentar com o Facebook