História das Loterias – Mundo

CompartilharA Loteria de ter sido conhecida dos hebreus, egípicios e hindus, e certamente dos chineses. Na Roma antiga, havia loterias anuais, por ocasião das Saturnais, com bilhetes gratuitos e todos prêmiados, sendo além disso de uso atirar no povo, depois dos jogos do circo, certo número de fichas quadradas, que…

Compartilhar

A Loteria de ter sido conhecida dos hebreus, egípicios e hindus, e certamente dos chineses. Na Roma antiga, havia loterias anuais, por ocasião das Saturnais, com bilhetes gratuitos e todos prêmiados, sendo além disso de uso atirar no povo, depois dos jogos do circo, certo número de fichas quadradas, que davam direito a prêmios iguais: os prêmios desiguais foram introduzidos por Augusto. A tradição do sorteio de prendas, em seguida os banquetes, iniciada por esse imperador, foi mantida por Nero, Dominiciano e Heliogábaro. Este último introduziu prêmios jocosos ou inesperados como: um cão morto, um escravo vivo, areia e moscas.
Na Renascença, depois de ignorada durante toda a Idade Média, a loteria conheceu novo favor, passando a ser jogada com bilhetes prêmiados(pretos) e bilhetes não prêmiados(brancos). Era a chamada bianca ou bianca carta na Itália, por essa novidade de bilhetes sem prêmios. A primeira loteria moderna, regular e caracterizada, a de Malines(1519), conservou, com sistema, o nome de origem: era conhecida por bianques ou blanques. E a expressão ‘bilhete branco’ fez fortunas.
Do costume genovês de substituir cinco membros dos 120 que costituiam os Serenissimi Colegi da república (Câmara e Senado) – através do sorteio de cinco bolas marcadas que se retiravam de uma urna (seminario), onde havia cinquenta bolas – improvisou-se o chamado giuoco del seminario, levado a fança pelos exércitos de Carlos VIII (1495) e que passou a ser bancado oficialmente desde 1539 (Francisco I) em benefício do Tesouro. O exemplo foi seguio pelos principados alemães , Países baixos, Austrália e até pelos Estados Pontifícios, ao tempo de Clemente XII.
Em Portugal, as loterias foram lançadas por Pedro II como remédio contra a crise ecônomica de seu reinado (1683-1706), mas, como caráter permanente e oficial só em1946 foi organizada a Loteria Nacional Portuguesa, cujos lucros, de acordo com a tradição, revertem para a Santa Casa e outras instituições beneficientes.

Comentar com o Facebook

Deixe uma resposta