O sonho continua acumulado e brasilienses tentam a sorte na Mega-Sena

Loteria I 05.07.22

Por: Elaine Silva

Compartilhe:
Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio vai a R$ 27 milhões 3
Foram 45 concursos sem que ninguém acertasse as seis dezenas da Mega-Sena este ano

A cada sorteio em que a Mega-Sena acumula, aumenta a expectativa de saber quem vai faturar a bolada milionária. Segundo levantamento da Caixa, foram 45 concursos acumulados ao longo do ano. A cada nova oportunidade, os moradores do Distrito Federal correm às lotéricas com o intuito de levar para casa o prêmio, dessa vez, acumulado em R$ 55 milhões. É o caso de Denis Araújo, 48 anos, contínuo da Câmara Legislativa do DF, que aproveitou as últimas horas e foi até uma lotérica na Esplanada dos Ministérios tentar a sorte. O próximo concurso (2.498) será amanhã, com transmissão ao vivo nas redes sociais da Caixa Econômica Federal, às 20h, e os apostadores podem jogar até as 19h.

Denis conta que as tentativas de ganhar viraram rotina: diariamente, o trabalhador investe em um tipo de jogo. “Todo mês separo um valor do meu salário e jogo um pouco, seja na Quina, Mega, Lotofácil”, revela. Foi assim que ele conseguiu, há cerca de quatro anos, acertar cinco dos seis números da Mega-Sena. “Ganhei R$ 52 mil na época, e consegui dar entrada em uma casa. Desde então, ganhei uma coisinha ou outra. Se eu ganhar dessa vez, pretendo comprar um lugar para a minha filha morar. A gente, que é pai, quer ver o filho tendo o seu cantinho também”, diz. Para isso, Denis investe em estratégias. “Evito jogar sempre o mesmo número e fazer o mesmo jogo.”

Estratégias
Assim como Denis, com o objetivo de aumentar as chances de vencer, ou de não perder o controle na hora de fazer as tentativas, os apostadores criam alternativas ou estratégias. De acordo com o professor do Centro Universitário de Brasília (Ceub) Max Biachi, que leciona Gestão Corporativa e Contabilidade, a Mega-Sena é considerada como a loteria mais difícil de ganhar entre todas as outras modalidades disponibilizadas pela Caixa Econômica Federal, porém é a que costuma pagar os maiores prêmios. Por isso, ele dá uma dica de como jogar de forma maior probabilidade de sucesso. “A pessoa tem mais chance de ganhar o prêmio máximo quando ela marca mais números em um mesmo cartão, pois, matematicamente, cada número a mais que coloca em sua aposta aumenta bastante suas chances de ganhar”, explica.

De acordo com o especialista, quem realiza a aposta máxima — de 15 números, que custa R$ 22.522,50 —, passa a ter uma chance em aproximadamente 10.003 de acertar os seis números. Enquanto que a pessoa que realiza a aposta mínima, de seis números, pagando apenas R$ 4,50, tem a probabilidade de ganhar em 50.063.860. Além disso, a Mega-Sena costuma pagar prêmios menores para quem consegue acertar cinco ou quatro números na mesma aposta. “Uma vez que os sorteios das dezenas são aleatórios, quanto mais números em uma mesma aposta forem realizados, maiores serão as chances do apostador de ganhar, porém ele irá pagar mais por seu jogo”, pontua.

Saiba Mais
Uma alternativa mais barata, segundo o especialista, são os chamados “Bolões da Sorte”, que utilizam estratégias de desdobramento e fechamento, e são realizados pelas próprias lotéricas. A modalidade permite que vários jogadores possam apostar em mais dezenas, porém, desembolsando valores menores. Caso os números do bolão sejam os vencedores, o prêmio será dividido entre todos os participantes. “Lembre que, como os sorteios são aleatórios, não há fórmula mágica, quanto mais números se consegue jogar em uma mesma aposta, maiores são as chances de ganhar, porém se pagará mais por isso ou se ganhará menos, caso se consiga”, reforça Max.

Cuidados
O economista Riezo Almeida, professor e coordenador do curso de Ciências Econômicas do Centro Universitário Iesb, avalia que, como tudo na vida, é preciso fazer um planejamento para jogar no próximo sorteio da Mega-Sena. Isso porque os cuidados na hora de apostar devem ser redobrados. “Diferente do mercado financeiro, em que há análise técnica que ajuda a tomada de decisão, os jogos de azar se tratam de matemática, mas ainda mais de sorte. O maior cuidado é guardar bem o bilhete e conferir os números sorteados”, pondera. Para aqueles que gostam de tentar a sorte, Riezo diz que é preciso ter gestão financeira da renda e das despesas. “Ter uma boa carteira de investimento, diversificada, e buscar oportunidades mais seguras com histórico de sucesso é a recomendação neste momento de alegria em ganhar o prêmio”, completa.

Como jogar
Quem não tiver como ir a uma lotérica credenciada, pode fazer as apostas a distância, pelo site da Caixa, até as 19h de amanhã, horário de Brasília. Para jogar virtualmente é preciso ser maior de 18 anos, ter CPF e cartão de crédito. É necessário criar um cadastro nas Loterias Online, que requer dois passos: informar os dados pessoais e fazer a validação do token encaminhado por meio de e-mail. No on-line, porém, o apostador pode jogar, no mínimo, R$ 31,50, e, no máximo, R$ 945, por dia.
Para receber o prêmio o ganhador pode optar por ir a uma casa lotérica, portando o comprovante da aposta e número de resgate (em memória), gerado no portal Loterias Caixa, com validade de 24h. Apostas realizadas no portal ou pelo aplicativo também podem ser recebidas em qualquer agência Caixa, para valores líquidos de até R$1.332,78 (ou R$ 1.903,98 bruto). (Correio Braziliense – Ana Maria Pol)

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.