Prêmio da Mega da Virada 2020 pode virar maior já ‘esquecido’ da história

Compartilhar
O apostador, de São Paulo, tem até esta quarta (31) para retirar os R$ 162,6 milhões ganhos; após a data, o valor é repassado ao FIES (Loterias Caixa/Divulgação)
Um dos dois vencedores da Mega da Virada 2020 ainda não retirou o prêmio de R$ 162,6 milhões e está prestes a perder direto sobre a quantia. Se a pessoa não se apresentar até esta quarta-feira (31), último dia dos 90 dias de prazo para resgate, a quantia virará a maior a ser ‘esquecida’ na história das loterias Caixa.
Caso o apostador não se apresente, ele perde o direito sobre a quantia ganha, que será repassada ao Fundo de Financiamento do Ensino Superior (FIES).
O último concurso realizado da tradicional Mega-Sena na virada do ano pagou o maior prêmio da história das loterias da Caixa. Foram R$ 325,2 milhões para quem acertasse seis números. Duas apostas, uma de Aracaju (SE) e outra de São Paulo, cravaram as seis dezenas sorteadas: 17 – 20 – 22 – 35 – 41 – 42. (Redação VEJA São Paulo)
Comentar com o Facebook