Reino Unido exige mais proteção ao jogador

Apostas I 19.04.22

Por: Magno José

Compartilhe:
Andrew Rhodes, CEO da Gambling Commission do Reino Unido “Esperamos que os operadores identifiquem e resolvam os danos do jogo com ações rápidas”

A Gambling Commission do Reino Unido anunciou novas regras destinadas a garantir que os operadores de jogos de azar online tomem medidas mais precisas para evitar danos ao jogo, revela o Intergame Online.

As novas regras entrarão em vigor a partir de 12 de setembro e, entre outras exigências, as operadoras devem sinalizar indicadores de possíveis danos e agir.

Devem impedir a comercialização e a aceitação de novos bônus para aqueles identificados como em risco; monitoram suas jogadas e interagem com consumidores que consideram em risco.

Eles também devem mostrar evidências de sua avaliação de jogadores em risco para a comissão regularmente.

Andrew Rhodes, CEO da comissão, disse: “Repetidamente, nossos casos de aplicação da lei mostram que alguns operadores ainda não estão fazendo o suficiente para evitar danos ao jogo. Essas novas regras, desenvolvidas após uma ampla consulta, tornam nossas expectativas ainda mais explícitas.

“Esperamos que os operadores identifiquem e resolvam os danos do jogo com ações rápidas, proporcionais e eficazes e não hesitaremos em tomar medidas duras contra os operadores que não o fizerem.”

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.