A Bet-at-home tem a licença suspensa pendente de revisão

Apostas I 13.07.22

Por: Elaine Silva

Compartilhe:
British Gambling Commission adia data de licitação da Loteria Nacional e amplia licença de Camelot
O UKGC confirmou que a suspensão levará agora a uma revisão mais profunda da operadora que pertence ao BetClic Everest Group

A Bet-at-home, operadora de apostas esportivas com sede em Frankfurt, está enfrentando problemas no Reino Unido, com o regulador de jogos do país suspendendo a licença da empresa no Reino Unido. A UK Gambling Commission (UKGC) citou falhas nas práticas de combate à lavagem de dinheiro e responsabilidade social, que levaram à decisão.

O UKGC confirmou que a suspensão levará agora a uma revisão mais profunda da operadora que pertence ao BetClic Everest Group. A empresa será investigada ao abrigo do Gambling Act 2005 com o regulador a tentar determinar se a Bet-at-home tem conscientemente evitado o cumprimento.

Na atualização, o UKGC afirmou que tinha motivos para suspeitar que “as atividades podem ter sido realizadas com base na licença, mas não de acordo com uma condição da licença”.

A comissão tinha provas suficientes para suspender de forma confiável a licença da Bet-at-home. O UKGC divulgou uma declaração sobre como a Bet-at-home deve tratar os consumidores dada a situação atual. O regulador salientou que todos os apostadores da Bet-at-home terão de ser mantidos informados sobre o desenrolar da revisão e quais as implicações a longo prazo que podem existir para o operador.

Uma suspensão de licença ainda pode ser corrigida, no entanto a Bet-at-home terá de intensificar e cumprir os pré-requisitos específicos exigidos pelos reguladores que devem ser cumpridos na íntegra. Para restabelecer a licença, as recomendações do UKGC terão de ser cumpridas na íntegra. Nesse ínterim, os consumidores devem ser autorizados a retirar seus fundos, se assim o desejarem.

Caminho para a recuperação no Reino Unido possível

No entanto, ninguém espera que a licença seja restabelecida em breve. Em um caso semelhante que remonta a 2020, a operadora de jogos de azar Matchbook conseguiu continuar as operações sob uma licença restabelecida sete meses após a emissão da suspensão inicial. Isso só aumentará os problemas experimentados pela empresa atualmente.

A Bet-at-home vem tentando navegar em mercados emergentes na Europa, incluindo a Suíça, onde a Suprema Corte disse que a empresa não era elegível para abrir um negócio na jurisdição. A empresa também teve que se desvincular do mercado de jogos holandês e a regulamentação do mercado alemão só acabou aumentando os problemas enfrentados pela empresa.

A revisão pendente será realizada de acordo com a seção 116. A suspensão da licença atual foi realizada sob a seção 118 (2). (Gambling News)

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.