Fifa alerta árbitros contra manipulação de resultados na Copa

Compartilhar

São Paulo – A Fifa tem dado instruções para os árbitros para evitar manipulação de resultados durante jogos da Copa-2014. É uma medida preventiva após investigação que indica que jogos amistosos anteriores ao Mundial-2010 foram armados. O objetivo é favorecer apostadores na Asia, onde há grande volume de dinheiro relacionado a partidas de futebol.
"Eles já assinaram um documento em que dizem que têm de reportar à comissão de arbitragem qualquer contato feito por pessoas que tentem abordá-los", afirmou o chefe de arbitragem da Fifa, Massimo Busacca. "Além disso, haverá uma palestra para eles sobre a manipulação".
Apesar da prevenção, Busacca não acredita que ocorram tentativas de armação durante o Mundial. "É difícil. Talvez em jogos classificatórios poderia acontecer, mas na Copa, não", analisou.
Além dos árbitros, jogadores de todos os times também terão de assistir a palestras. Na opinião de Busacca, a manipulação pode ser mais efetiva se contar com colaboração dos jogadores do que dos árbitros.
As apostas nas casas asiáticas são feitas em função do número de gols. Ou seja, um atacante ou um goleiro poderia ter mais influência no resultado, na visão do chefe dos juízes, pois um árbitro teria de marcar um pênalti inexistente e ficaria na cara.
Não é o que dizem os especialistas em manipulação de jogos: eles indicam que vários juízes são comprados para ajeitar placares. Foram casos de amistosos da Africa do Sul, antes do Mundial-2010, que o "New York Times" comprovou terem sido armados por meio de documentos de investigação da Fifa.
Fora árbitros e jogadores, a federação internacional faz um monitoramento dos volumes de apostas na Asia para identificar jogos suspeitos. Isso será feito na Copa-2014. Antes do Mundial, houve uma suspeita em jogo amistoso entre Nigéria e Escócia pelas altas apostas e por lances suspeitos. (Umuarama Ilustrado – PR)

Comentar com o Facebook

Deixe uma resposta