MGA do Hipódromo da Gávea fica em torno de R$ 600 mil

Jockey I 14.01.22

Por: Elaine Silva

Compartilhe:
Hipódromo da Gávea organiza 26 páreos em três reuniões
A segunda–feira continua sendo líder de arrecadação do JCB com Movimento Geral de Apostas (MGA) de R$ 619.173,05. Domingo foi o segundo melhor dia com R$ 606.873,35 e a terça–feira foi de R$ 590.092,72

As três reuniões realizadas neste início de temporada no turfe carioca tiveram resultado financeiro muito parecido. O número chave girou em torno de R$ 600 mil. A tradição da corrida de segunda–feira de ser a líder de arrecadação na história do Hipódromo da Gávea foi mantida, com Movimento Geral de Apostas (MGA) de R$ 619.173,05. A reunião de domingo, abertura de 2022, com oito páreos programados para a grama, e apenas um direto na areia, foi afetado pela mudança de pista devido as chuvas. O resultado, nestas circunstâncias, foi razoável, com faturamento de R$ 606.873,35, pouco abaixo da arrecadação de segunda. A terça–feira fechou a raia desta vez, com R$ 590.092,72, único abaixo dos R$ 600 mil.

O resultado financeiro, entretanto, diante do tempo fechado, o forte temporal durante a disputa das provas de abertura da reunião, pode ser considerado regular. A expectativa é de melhora do tempo no Rio de Janeiro. E, se isso acontecer, poderemos ter surpresa bastante agradável no próximo domingo. A programação terá duas provas preparatórias para a tríplice–coroa, o primeiro páreo de potros e potrancas da nova geração, e duas provas especiais. Um cardápio bem atraente, que em caso de tempo bom, com certeza seduzirá o turfista a comparecer ao prado carioca, e também aos agentes credenciados. (Raia Leve – Paulo Gama)

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.